Províncias

Cartório Notarial da Huíla cobrou milhões de kwanzas

Arão Martins | Lubango

O Cartório Notarial da Comarca da Huíla arrecadou, em Fevereiro e Março, 14 milhões de kwanzas para os cofres do Estado, revelou o responsável dos serviços.

Em média o Cartório Notarial da Huíla arrecada 80 milhões de kwanzas por ano
Fotografia: Santos Pedro

O Cartório Notarial da Comarca da Huíla arrecadou, em Fevereiro e Março, 14 milhões de kwanzas para os cofres do Estado, revelou o responsável dos serviços.
Luís Tavares salientou que este valor representa um acréscimo na ordem dos quatro milhões de kwanzas em comparação com os dois meses anteriores.
O valor agora cobrado, disse, é proveniente, essencialmente, de escrituras públicas, termos de autenticação, procuração, reconhecimento de assinaturas, autenticação de fotocópias, e passagens de certidões de testemunhais públicas.
Em média, o Cartório Notarial da Huíla arrecada cerca de 80 milhões de kwanzas por ano.
Dada a dinâmica registada no sector, foi colocado junto do cartório um balcão do Banco de Poupança e Crédito que, além de servir para depósitos dos emolumentos dos serviços prestados, é utilizado para pagamento dos ordenados dos funcionários do cartório, dos serviços de Conservatória de Registos Civis, da Identificação e do Tribunal.

Tempo

Multimédia