Províncias

Casas de pau-a-pique ganham água potável

André Amaro | Lubango

As famílias residentes nas zonas próximas das missões católicas, na província da Huíla, foram contempladas, pela primeira vez, com água potável nas suas moradias, no âmbito do programa “Água para Todos”.

As famílias residentes nas zonas próximas das missões católicas, na província da Huíla, foram contempladas, pela primeira vez, com água potável nas suas moradias, no âmbito do programa “Água para Todos”.
Para esta primeira empreitada, o projecto, que consiste em instalar pequenos sistemas de captação, armazenamento e distribuição de água potável ao domicílio, está a beneficiar as famílias que vivem perto das missões católicas de Ngola, Chicomba e Quipungo.
O director provincial das Águas na Huíla, Abel da Costa, disse ontem ao Jornal de Angola que o objectivo é levar água potável de qualidade às populações mais necessitadas. Na missão católica de Ngola, município de Caluquembe, está em construção um sistema de captação, armazenamento e distribuição de água, cujas obras estão na ordem dos 90 por cento, sublinhou. Já na missão do Sendy, município de Quipungo, encontra-se em fase terminal a construção de uma estação de tratamento de água (ETA), com capacidade de cinco metros cúbicos/hora e instalação de um sistema solar para garantir a energia eléctrica.
Na missão de Chicomba, município com o mesmo nome, os trabalhos de instalação do novo sistema de fornecimento de água estão na ordem de 70 por cento e prevêem a captação e rede de distribuição ao domicílio, referiu.
O director provincial das Águas na Huíla, Abel da Costa, referiu que os projectos em curso vão permitir levar água ao domicílio, ao contrário dos fontanários colectivos, construídos em algumas comunas e bairros periféricos.

Tempo

Multimédia