Províncias

Casas entregues a jovens

Arão Martins | Cacula

Os jovens do município de Cacula viram minimizada a situação de carência de habitações, após a inauguração, ontem, de 60 casas sociais, num bairro social, pelo governador João Marcelino Tyipinge, informou a administradora municipal.

O bairro social da Juventude no município de Cacula é inaugurado no quadro das festividades do Dia da Paz e da Reconciliação Nacional
Fotografia: Arimateia Baptista

Carme Duarte informou que cada casa está implantada numa área de mil metros quadrados e contam com serviços técnicos, que propiciam uma vivencia salutar. “O bairro dispõe de uma rede eléctrica alternada com um gerador superior a 300 KVA, abertura de um furo de água e colocação de um reservatório com capacidade de armazenar mais de 20 mil litros por hora”.
Carme Duarte considerou que o bairro social da juventude é inaugurado num momento especial para a História de Angola, por ser entregue numa altura em que se comemora os 14 anos de Paz e Reconciliação Nacional.
A administradora referiu que a província e o município promoveram acções concretas no sentido de conferir respostas céleres e eficazes às necessidades dos jovens e do bem-estar social, dai a construção de mais 60 moradias.
“O surgimento do bairro também oferece uma beleza paisagística e de urbanidade ao município da Cacula, que dista a 90 quilómetros a norte da cidade do Lubango”, disse Carme Duarte, para acrescentar que, além das casas, as autoridades distribuíram igualmente aos jovens 40 lotes de terrenos para autoconstrução dirigida. Carme Duarte disse que as autoridades provinciais devem reforçar  os programas que visem ajudar a baixar a taxa de desemprego dos jovens, o baixo nível de qualificação, principalmente nas profissões de natureza técnica e de empreendedorismo. />O governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, afirmou que Cacula, um município novo, tem de construir novas infra-estruturas, uma vez que as antigas estavam longe de responder às necessidades da região.
“O município é novo e estamos a colocar muitos equipamentos para a saúde, educação, agricultura, saneamento básico, agricultura, entre outros”, disse o governador.
João Marcelino Tyipinge avançou que as acções naquele município vão continuar, para que os anseios da população sejam cada vez mais correspondidos.
O governador provincial disse que o país precisa de jovens dinâmicos, capazes e de futuro. Dai exortar a juventude a ser mais participativa nos vários programas que estão a ser desenvolvidos.
João Marcelino Tyipinge aconselhou a juventude para primar pela formação académica. “Não é possível contar com aqueles jovens que só sabem pedir, criticar, fazer confusão. Precisamos dos que contribuem para o desenvolvimento do país”.
O governador provincial da Huíla referiu que a paz propiciou a construção e reconstrução de escolas, hospitais, estradas e outros serviços. “Somos iguais e todos devemos trabalhar para que o país possa continuar a crescer e vermos resolvidos os principais problemas dos homens, mulheres, jovens e crianças”.

Tempo

Multimédia