Províncias

Casas sociais para funcionários prontas em Maio

As obras das 240 casas para funcionários do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes (CFM), no Lubango, iniciadas em Junho deste ano, ficam concluídas em Maio de 2014.

Processo de reabilitação no bom caminho
Fotografia: Jornal de Angola

Em declarações à imprensa na sexta-feira, após uma visita que 16 vice-governadores provinciais para o sector político e social realizaram ao local, o engenheiro de obras da empresa China Highway, Huang Hai, disse estarem erguidas 120.
As obras estão a 60 por cento da sua execução e até Dezembro próximo os técnicos vão iniciar a colocação da cobertura e instalação eléctrica, assim como o revestimento. Huang Hai informou que o projecto está contido no pacote do contrato de modernização das estruturas do CFM, avaliado em mais de cem milhões de kwanzas.
Apontou, igualmente, a construção de postos médicos, escolas, estruturas de lazer, por formas a proporcionar melhores condições de habitabilidade aos técnicos da empresa e suas famílias. O projecto contempla a construção 580 residências ao longo dos 700 quilómetros da linha férrea do CFM, que liga as províncias da Huíla, Namibe e Kuando-Kubango.
O processo de reabilitação do Caminho-de-Ferro de Moçâmedes, iniciado em 2005, viveu um interregno devido à crise financeira mundial e retomou em 2009. A circulação definitiva entre Namibe-Lubango e Menongue teve início a 3 de Setembro de 2012.

Tempo

Multimédia