Províncias

Centro de apoio pedagógico já entrou em funcionamento

Um centro de apoio pedagógico para atender 800 pessoas portadoras de deficiência visual entrou em funcionamento na sexta-feira, no Lubango.

Centro apoia portadores de deficiências
Fotografia: Arimateia Baptista|Huíla

O empreendimento, que foi inaugurado pela vice-presidente da Fundação Lwini, Joana Lina, localiza-se no bairro do Nambambe,numa área de nove mil metros quadrados e dispõe de uma biblioteca, sala de leitura, informática (totalmente equipada), área de lazer, orientação e mobilidade, um pátio, gabinete do presidente e dois quartos de banho.
Orçado em mais de 18 milhões de kwanzas, o centro foi construído através do Programa Integral de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza do Lubango e destina-se a facilitar o intercâmbio entre pessoas portadoras de deficiência, assim como inseri-las no meio social, através de uma formação específica.
A vice-presidente da Fundação Lwini disse que este centro vai a­poiar a vida social das pessoas portadoras de deficiência visual, uma vez se tratar de uma imponente infra-estrutura, que vai albergar e formar pessoas que precisam de ajuda. O presidente da Associação Regional Sul de Cegos e Amblíopes de Angola (ARSCAA), Manuel Freitas Lussinga, agradeceu a iniciativa e salientou o facto de o centro de apoio pedagógico ser um projecto concebido pela organização, com o fim é de complementar os esforços do Executivo na sua política de educação inclusiva.
O presidente da associação, que possui cerca de dois mil membros, pediu aos membros da Fundação Lwini uma viatura, para facilitar a locomoção, uma vez que o centro fica a 12 quilómetros do centro da cidade.

Tempo

Multimédia