Províncias

Centro de estudo da biodiversidade

Domingos Mucuta| Lubango

O primeiro centro de investigação de biodiversidade do Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) da Huíla é instalado no próximo ano lectivo, anunciou o director-geral da instituição académica.

O novo laboratório do instituto é um dos pilares da investigação e a sua instalação conta com a parceria de uma universidade alemã
Fotografia: Arimateia Baptista| Lubango

O primeiro centro de investigação de biodiversidade do Instituto Superior de Ciências de Educação (ISCED) da Huíla é instalado no próximo ano lectivo, anunciou o director-geral da instituição académica.
Raimundo Dungula disse, à margem das III Jornadas Científicas do Estudante, que a instalação do laboratório de biodiversidade nos arredores do edifício do ISCED é um dos pilares da investigação e da prestação de serviços. O projecto foi concebido para ser, numa primeira fase, o maior laboratório em análises e de ADN da fauna e flora e, numa fase posterior, dos seres humanos. A instalação do laboratório conta com a parceria de uma universidade alemã. Para a concretização do projecto, o ISCED já dispõe de espaço disponível para a edificação e montagem dos laboratórios.
O projecto abrange a instalação, de forma faseada, de laboratório de matemáticas, física e química, como parte da estratégia para garantir o desenvolvimento do conhecimento, com o apoio orçamental do Ministério do Ensino Superior.
“Desenhamos acções pragmáticas para que no próximo ano lectivo haja laboratórios exclusivos para os cursos de Matemática, Física e Química. O ISCED de hoje não é o mesmo de ontem. É uma universidade preponderante e rigorosa na transmissão do conhecimento científico”, afirmou o director da instituição. Segundo Raimundo Dungula, o processo educativo do instituto assenta em três pilares fundamentais: ensino e aprendizagem, investigação e prestação de serviços. Fundado em 1980, tem 7.200 estudantes que frequentam 13 opções do curso, ministrado por 45 professores em 18 salas de aulas.
As III Jornadas Científico-Pedagógicas do Estudante do ISCED decorreram sob o lema “Por uma aprendizagem de competências, resposta ao ensino superior sustentável” e abordou temas como “O nível de rendimentos dos estudantes” e “Aprendizagem por competências”, entre outros.

Tempo

Multimédia