Províncias

Centro de reabilitação trata centenas de pessoas

Arão Martins | Lubango

O Centro de Reabilitação Física da Igreja Evangélica Sinodal de Angola IESA, situado no bairro da Mapunda, arredores da cidade do Lubango, tratou, até Março, 564 doentes com problema cerebrais, poliomielite e fracturas diversas.

O Centro de Reabilitação Física da Igreja Evangélica Sinodal de Angola IESA, situado no bairro da Mapunda, arredores da cidade do Lubango, tratou, até Março, 564 doentes com problema cerebrais, poliomielite e fracturas diversas.
Nos primeiros meses deste ano foram consultados 7.600 pacientes, segundo Elisabeth Gafner, responsável do Centro. As pessoas tratadas, acrescentou, são oriundas das províncias de Luanda, Kuanza-Sul, Benguela, Kuando-Kubango, Namibe, Cunene e Huíla.
Elisabeth Gafner disse que o centro não interna doentes, o que tem causado problemas aos pacientes, sobretudo vindos de outras províncias. Para colmatar tal desiderato está em curso um projecto de ampliação do hospital, com a construção de cinco salas de internamento, de fisioterapia, consultório e sala de espera.
A média de atendimento diária é de 30 pacientes e Elisabeth Gafner adiantou que, até Março, foram igualmente distribuídos carrinhos e muletas, em parceria com as Organizações Não-Governamentais da Suiça. Além do apoio dos parceiros da Igreja, o centro conta com a ajuda da Direcção Provincial da Assistência e Reinserção no fornecimento de meios de locomoção, muletas entre outros materiais. Elisabeth Gafner referiu que o funcionamento do centro é garantido por enfermeiros com formação na área da reabilitação física.

Tempo

Multimédia