Províncias

Circulação rodoviária está mais facilitada

Domingos Mucuta | Kuvango

A circulação rodoviária entre os municípios do Kuvango e Chipindo, na Huíla, está mais facilitada desde ontem, após a conclusão das obras da ponte Ndombolo sobre o rio Cubango, na Estrada Nacional 120. A nova ponte de estrutura metálica suporta viaturas de apenas 30 toneladas.

A nova ponte metálica suporta viaturas de até 30 toneladas
Fotografia: Domingos Mucuta | Edições Novembro

As obras de reabilitação do viaduto, com 51,82 metros de cumprimento e 4,20 metros de largura, custaram aos cofres do Estado 184,2 milhões de kwanzas. A estrutura foi construída no âmbito do Programa de Investimentos Públicos (PIP).
O director provincial da Instituto Nacional de Estradas de Angola (INEA), Carlos Kamuenho, explicou que se trata de uma ponte de estrutura metálica dupla, referindo que a mesma permite apenas a passagem de um veículo de cada vez, com um limite máximo de toneladas estabelecidas. Carlos Kamuenho disse que com abertura da ponte, o percurso de aproximadamente dez quilómetros até à Missão do Kuvango, localizado na outra margem do rio, é feito em menos tempo, em relação ao período anterior.
O munícipe Faustino Gabriel manifestou-se satisfeito com a melhoria da circulação rodoviária, que permite o aumento das trocas comerciais entre as províncias do Huambo, Bié e Cuando Cubango. 
O governador provincial João Marcelino Tyipinge, que inaugurou a ponte, destacou o trabalho do Executivo na execução de obras estruturantes e garantiu trabalhar na ligação rodoviária entre as províncias da Huíla e do Huambo. A ponte Ndombolo sobre o rio Cubango, na Estrada Nacional 120, ficou interrompida cerca de 26 anos, devido à guerra.

Tempo

Multimédia