Províncias

Comuna de Galangue com mais água potável

Arão Martins | Lubango

Galangue, município do Cuvango, regista, desde a conquista da paz, há nove anos, progressos significativos nos sectores económico, social e cultural e, exemplo disso, é a sede da comuna ter, desde Julho, água potável, afirmou o seu administrador.

Foram construídos sistemas de captação e distribuição em várias localidades
Fotografia: Arão Martins | Lubango

Galangue, município do Cuvango, regista, desde a conquista da paz, há nove anos, progressos significativos nos sectores económico, social e cultural e, exemplo disso, é a sede da comuna ter, desde Julho, água potável, afirmou o seu administrador.
Fernando Kambinda, que apresentava o balanço das actividades, deste ano, da administração comunal, disse que o sistema de captação e distribuição de água foi construído no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural e de Combate à Fome e à Pobreza e que as obras estão orçadas em 20 milhões de kwanzas.
O administrador declarou que o sistema também serve a população dos arredores de Galangue e que na sede comunal estão a ser construídas duas escolas – uma do ensino primário e outra, do I ciclo – orçadas em 36 milhões de kwanzas, cada uma com seis salas, com capacidade, no total, para 500 alunos.
Também estão a ser construídos, referiu, dois centros de saúde, um na sede da comuna e outro na localidade do quilómetro 50.Os serviços de educação e da saúde, frisou, têm registado melhorias substanciais e estamos a trabalhar em programas que vão ser desenvolvidos em 2012, que abrangem as regedorias.
Fernando Kambinda disse que em muitas localidades, regedorias e aldeias, onde vão ser colocados técnicos de saúde e professores, foram dadas instruções para se construírem escolas e postos médicos com materiais locais e que administração vai contribuir com chapas, carteiras, quadros, portas e janelas.  Quanto à agricultura, afirmou que este ano houve “uma certa evolução” e que foram colhidas dez toneladas de milho, seis de feijão e três de feijão-frade e que na pecuária também se verificou um crescimento, principalmente de bovinos, caprinos e suínos.
Lamentou o avançado estado de degradação das estadas que dão acesso à comuna de Galangue, o que dificulta a circulação e o escoamento de produtos, mas, referiu, a população vai procurar tapar os buracos e, com recurso a materiais locais, colocar pontes provisórias.

Tempo

Multimédia