Províncias

Comunas da Arimba e Huíla dispõem de mais água potável

Mais de 8.200 pessoas das sedes comunais da Arimba e da Huíla passam, a partir do próximo ano, a beneficiar do Programa Água para Todos, anunciou, ontem, o director provincial do sector.

Mais de 8.200 pessoas das sedes comunais da Arimba e da Huíla passam, a partir do próximo ano, a beneficiar do Programa Água para Todos, anunciou, ontem, o director provincial do sector.
Abel da Costa, que falava na primeira daquelas comunas, disse que o projecto, até 2025, abrange mais de 25 mil pessoas. Os estudos, frisou, concluíram que o projecto é viável, corresponde aos objectivos do Executivo e permite a criação de um sistema e de uma rede de distribuição de água potável a casas, fontanários e lavandarias.
A administradora da comuna da Huíla, Carla do Carmem, manifestou satisfação por ver resolvido o problema de abastecimento de água na localidade e por a população deixar de ter de percorrer longas distâncias para se abastecer.
O administrador da Arimba, António Jamba, lembrou que o abastecimento de água na comuna é insuficiente por haver apenas 20 furos e cacimbas, embora melhoradas, para milhares de habitantes e que o novo projecto de distribuição vai resolver o problema.
O sistema que existe, recordou também, foi construído para dez casas e agora há o triplo.

Tempo

Multimédia