Províncias

Comunidade San com segurança alimentar

Arão Martins | Lubango

Famílias khoisan, da localidade da Hupa, município da Cacula, na Huíla, estão a receber, desde o princípio de Novembro, sementes e instrumentos de trabalho, no quadro do projecto “Segurança alimentar em prol dos San”.

Famílias camponesas recebem sementes
Fotografia: Arão Martins|Huíla

O projecto, inserido no programa da Organização Cristã de Apoio ao Desenvolvimento Comunitário, em parceria com a Direcção Provincial da Agricultura da Huíla, através do Instituto de Desenvolvimento Agrário (IDA), contempla 150 famílias e foi financiado pelos Serviços de Cooperação e Acção Cultural da embaixada da França em Angola, no quadro da cooperação entre os dois países. O projecto é executado no ano agrícola 2013-2014. No início da campanha agrícola, as famílias receberam 15 cabeças de gado bovino para tracção animal, três toneladas de sementes de milho, massango e massambala.
Foram ainda distribuídas 150 unidades de enxadas europeias e tradicionais, que vão ser trabalhadas numa área de 300 hectares, numa perspectiva de dois hectares por família. O director executivo do programa, Benedito Quessongo, disse ao Jornal de Angola que o projecto tem como finalidade o reforço da capacidade produtiva da comunidade San do município da Cacula, que está empenhada no trabalho do campo.
O projecto foi proposto durante um estudo de viabilização feito e apresentado pela comunidade, de modo a quebrar o ciclo vicioso de insegurança alimentar que se regista há muito tempo, com a produção agrícola sustentada e acompanhada, para que as pessoas tenham alimento suficiente em quantidade e qualidade. O objectivo é ter o processo de produção muito bem estruturado, para que se cumpra o programa de Combate à Fome e à Pobreza, traçado pelo Executivo.
Manuel Jorge, oficial de campo, disse que para a campanha agrícola 2013-2014 foram preparados, de forma mecanizada, 300 hectares que vão estão ser cultivados para colher milho, massango, massambala e massango. Os membros da comunidade San, da Hupa, mostraram-se satisfeitos com o programa de distribuição de sementes e instrumentos de trabalho. Joaquina Manuel, em nome da comunidade, garantiu que estão “a aproveitar enquanto está a chover bem na localidade, para que os níveis de produção sejam satisfatórios”.
O director provincial da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Pescas e Ambiente na Huíla, Lutero Campos, afirmou que têm sido desenvolvidas várias acções de apoio às comunidades San, que habitam nos municípios da Cacula, Quipungo e Matala.

Tempo

Multimédia