Províncias

Criadas salas de leitura

Domingos Mucuta |Lubango

O coordenador interino para Informação do Jornal de Angola, Arão Martins, encorajou as autoridades locais a criarem salas públicas de leitura, com vista a incentivar os jovens a adquirir o gosto pelo livro.

Jovens adquirem o gosto pela leitura
Fotografia: Jornal de Angola

O coordenador interino para Informação do Jornal de Angola, Arão Martins, encorajou as autoridades locais a criarem salas públicas de leitura, com vista a incentivar os jovens a adquirir o gosto pelo livro.
Arão Martins teceu tais considerações aos jovens da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA) da cidade do Lubango, quando estes visitavam as instalações das Edições Novembro, representadas pelo Jornal de Angola e pelo Jornal dos Desportos.
O coordenador do grupo juvenil da IESA, Pedro Huma, após receber explicações dos membros de direcção sobre os passos que os jornalistas dão para manter os leitores actualizados sobre o desenvolvimento da província, considerou o Jornal de Angola um meio de comunicação importante na educação e formação dos jovens.
“É preciso que os jovens da nossa e de outras congregações tenham a preocupação diária de ler o jornal e outras publicações, para sabermos o que acontece no país e no mundo”, reforçou.

Tempo

Multimédia