Províncias

Crianças do município têm centro comunitário

Domingos Mucuta | Matala

O ensino pré-escolar no município da Matala vai ganhar outra dinâmica, este ano, com a inauguração, pelo governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipingue, do primeiro centro infantil comunitário.

Construído de raiz, tem capacidade para 120 crianças.O centro infantil comunitário foi erguido no quadro do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza. O novo empreendimento, construído com o objectivo de garantir assistência à primeiro infância, tendo em conta os “11 Compromissos para com a Criança”, assumidos pelo Executivo e parceiros sociais, até agora funcionava em salas improvisadas.
O centro dispõe de salas de aulas, cozinha, casas de banho, gabinetes administrativos e outros compartimentos para funcionários e crianças, além de uma vasto pátio de recreio com material necessários para a diversão.
A responsável do sector da Assistência e Reinserção Social, Francisca Neto, explicou que a abertura do centro infantil comunitário vai aumentar a capacidade dos municípios em acolher crianças e prepará-las para o ensino geral.
Francisca Neto lamentou o facto de existir uma carência de educadoras e de técnicos de assistência à primeira infância. Neste momento, o município da Matala conta apenas com uma educadora de infância, para um universo de 200 crianças.
Para contornar o reduzido número de técnicos, Francisca Neto recorre ao pessoal do sector da Educação, em regime colaboração. A educação na primeira infância enfrenta também problemas relacionados com a falta de material adequado, para promover habilidades e o desenvolvimento integral das crianças, nas disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Ciências da Natureza e Artes.
Actualmente, o ensino pré-escolar no município da Matala está a registar uma adesão muito grande dos pais e encarregados de educação, que reconhecem a importância doprocesso para o crescimento e o desenvolvimento cognitivo das crianças antes da escola, frisou.
O governador João Marcelino Tyipingue, que visitou ainda os municípios da Jamba e de Cuvango, inaugurou também os edifícios da repartição da Educação, escolas secundárias da sede municipal e no Mulundo, sistema de água e mais equipamentos sociais.

Tempo

Multimédia