Províncias

Defendida criação de cooperativas juvenis

Gaudêncio Hamelay | Lubango

O novo director provincial da Juventude e Desportos da Huíla, Joaquim Barbante Tyova, defendeu a constituição de cooperativas juvenis, no âmbito do fomento de emprego e auto emprego, para a dinamização dos programas de combate à pobreza no meio rural.

O director falava, na cidade do Lubango, durante a abertura de uma reunião para a execução do Programa Nacional de Desenvolvimento da Juventude até 2017.
O combate ao VHI/Sida e a ocupação dos tempos livres dos jovens, a realização de festivais, o combate às drogas, a formação em empreendedorismo juvenil nas várias áreas são programas a desenvolver.
Joaquim Tyova assegurou que vai continuar a trabalhar na mobilização da juventude, com vista à distribuição de terrenos aos jovens, no âmbito do projecto de autoconstrução dirigida.
O director provincial apelou aos líderes juvenis e às entidades estatais que trabalham com questões da juventude, para que tenham maior capacidade de resposta às principais preocupações e aspirações de cada jovem, com base nos instrumentos políticos que conformam a estratégia e as orientações do Executivo.
Joaquim Tyova disse que é preciso reflectir sobre as actividades programadas para melhor satisfazer as aspirações de todos os jovens, durante a Jornada da Juventude, inserida nos festejos do dia 14 de Abril.
O director da Juventude e Desportos na Huíla quer que os principais actores do trabalho da juventude na província tenham a mesma linguagem sobre as questões relativas aos jovens. A direcção da Juventude e Desportos vai continuar a sensibilizar os parceiros do sector para compreenderem as limitações da instituição e buscar apoios a fim de se conseguir uma juventude mais organizada, participativa, altruísta, organizações juvenis mais apelativas, de modo a consumar a inserção dos jovens na vida activa.
Durante o encontro foram debatidos temas sobre a importância da juventude no trabalho do Censo Populacional e da Habitação, o plano de acção da juventude para este ano e programa de desenvolvimento da província e de combate à pobreza.

Tempo

Multimédia