Províncias

Defendida escola das artes no Lubango

Domingos Mucuta | Lubango

A construção de uma escola de artes plásticas na província da Huíla, para formar professores da disciplina, foi uma das recomendações dos participantes no seminário de capacitação dos docentes das cadeiras de Educação Visual, realizado no Lubango.

Utilização de materiais de desenho técnico é fundamental para os professores assim como para a prática contínua de trabalhos manuais
Fotografia: Arimateia Baptista|Lubango

Os participantes no seminário, promovido pela Direcção Provincial da Educação, referiram que o processo educativo no domínio das artes deve contar com um colectivo de agentes de ensino capazes de assegurar uma forte liderança nas escolas.
Referiram igualmente que se deve apostar na melhoria do desempenho do professor na sala de aulas, com reflexo na aprendizagem dos alunos.
Os professores do ensino primário e do I ciclo do ensino secundário concluíram que os docentes devem ser capazes de conhecer e dominar os conteúdos relacionados com as expressões plásticas, artísticas e de educação, por serem parte dos distintos subsistemas de ensino de Angola.
A utilização adequada de instrumentos e materiais de desenho técnico é fundamental para os professores e a prática contínua de trabalhos manuais em sala de aula são indispensáveis para que o aluno aprenda a criar.
“A escola deve ser o espaço que promove o mérito, o sucesso, a cultura de trabalho, os melhores valores humanos, a auto-avaliação para melhor medirmos os nossos êxitos e as nossas fraquezas”, referem os professores.
Os participantes apelaram para a promoção regular de formações do género, reforçando a planificação contínua a nível da direcção provincial, no sentido de dar seguimento à aprendizagem de temáticas.

Educação laboral

Orientada por Professores da Escola Média de Artes Plásticas (SEART) de Luanda, a formação visou municiar os formados de aptidões para saber e fazer, tendo em conta os desafios da Reforma Educativa em matéria de expressões artísticas e educação laboral.
A acção visou ainda colher informações sobre o conhecimento da matéria de EVP e Educação Laboral, partilhar entre os formadores e formados as experiências nos dois ramos.

Tempo

Multimédia