Províncias

Dezenas de novos pontos de água em Caluquembe

Arão Martins | Caluquembe

Um total de 33 pontos de água está a ser construídos em toda a extensão do município de Caluquembe, na província da Huíla, num financiamento do Fundo Soberano Angolano, revelou ontem, ao Jornal de Angola, o administrador local, José Arão Nataniel.

Mais água potável para os moradores de Caluquembe que deixam de percorrer longas distâncias e/ou recorrer aos rios e cacimbas
Fotografia: Edições Novembro

O administrador municipal de Caluquembe disse que a acção está a ser realizada em parceria com as autoridades locais e a organização não governamental “People in Need”.
Avançou que, entre 2012 e 2016, no quadro da implementação dos programas virados ao bem-estar da população, foi construída na sede de Caluquembe uma estação de tratamento de água.
José Arão Nataniel considerou que a aprovação superior do contrato das obras, para a construção do novo sistema de abastecimento de água à sede municipal de Caluquembe, a partir do rio Qué, é um ganho que vai permitir aumentar o abastecimento à população e contribuir para a diminuição de doenças originadas pelo consumo do produto não tratado.
A construção de pontos de água nas localidades de Mumue, Cussesse, Gando, Vila Branca, Cahãla, Chaunje, Cacomba, mercado municipal da Alemanha, Lomba, Vatuco, embala Unhangui, Campuena e no bairro 25 de Abril foi considerada outros ganhos.
As principais ruas da sede municipal de Caluquembe foram asfaltadas e a construção e apetrechamento do Hospital Materno Infantil da Alemanha, um bairro que fica nos arredores da sede comunal, foram também realçadas.
O arranque das obras de construção dos novos edifícios das administrações Municipal de Caluquembe e Comunal de Calepi, de seis casas evolutivas no sector do Vatuco e a abertura das salas de extensão do Instituto Superior de Ciências da Educação (ISCED) são outras acções de destaque. José Arão Nataniel destacou ainda a construção de quatro escolas de seis salas cada, nos sectores do Gando e de Campwena (comuna da Negola), de Chaunje e Cuilo (comuna de Calepi) e de Vissapa-yela.
Salientou ainda que foram adquiridas três ambulâncias, sendo uma para cada comuna, e construídas 26 residências no bairro Cachicacala, no âmbito dos 200 fogos habitacionais por município. O administrador municipal avançou ainda que foi montado o sistema de iluminação pública no bairro da Etonga, construídos o posto de emissão de bilhetes de Identidade, a Loja dos Registos e a Conservatória do Registo Civil e Serviço de Notariado, empreendimentos que dinamizaram a atribuição da identidade dos cidadãos locais. O administrador José Arão Nataniel destacou ainda a construção de um ginásio na sede municipal de Caluquembe, que permite fazer a manutenção do corpo humano, com a prática de  actividades físicas. A reabilitação do parque infantil é igualmente outro ganho do município.

Estudar melhor


O responsável municipal de Caluquembe disse ainda que a montagem do sistema de iluminação pública a nível da sede municipal e na avenida do bairro 4 de Fevereiro, bem como a construção da Escola de Formação de Professores são outros ganhos. Quanto ao último empreendimento, revelou que permite que mais de 5.000 jovens estudem anualmente.
O responsável destacou ainda a criação, por decreto executivo conjunto dos ministérios da Educação e da Administração do Território, do Magistério Primário da Missão Católica de Santiago.
Também por decreto executivo conjunto dos referidos ministérios foi possível criar o Instituto Politécnico de Caluquembe “Dr. Alfredo Berner”, muito concorrido pela juventude. Destaque também para a criação da Escola Técnica de Saúde de Caluquembe.
O município assistiu igualmente à terraplanagem e à construção de pontes hidráulicas na estrada que liga a sede municipal à comuna do Calepi, assim como a construção da ponte sobre o rio Cussuca e da reabilitação de quatro residências a nível do mesmo sector.

Tempo

Multimédia