Províncias

Distribuídos no Lubango milhares de mosquiteiros

Pelo menos 156.400 mosquiteiros tratados com insecticidas estão, desde Janeiro, a ser distribuídos, nas 454 unidades hospitalares da Huíla, pelo Departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias, no âmbito do programa de combate à malária.

Pelo menos 156.400 mosquiteiros tratados com insecticidas estão, desde Janeiro, a ser distribuídos, nas 454 unidades hospitalares da Huíla, pelo Departamento de Saúde Pública e Controlo de Endemias, no âmbito do programa de combate à malária.
 O oficial do programa de combate à doença disse, à Angop, que 84.039 estão a ser entregues a mulheres grávidas e 72.274 a mães de crianças, com menos de 5 anos.
Os restantes estão armazenados naquelas unidades hospitalares.
 Além dos mosquiteiros impregnados, estão também a ser distribuídos antipalúdicos. /> Lelo Zola afirmou que a Direcção de Saúde Pública entregou 49.299 mosquiteiros a unidades hospitalares da cidade do Lubango, 14.900 em Caconda, 13.900 na Chibia, 13.100 na Matala, 12 mil na Jamba e 11.100 nos Gambos.
 Vão ser distribuídos 9.800 nas unidades de Quipungo, 6.700 no Kuvango, 6.400 em Caluquembe, 5.100 em Quilengues, 3.100 na Cacula e 3.400 em Chicomba.
 A Direcção de Saúde Pública distribuiu, no ano passado, 142.348 mosquiteiros impregnados.
 No ano passado registaram-se na Huíla 444.452 casos de malária, que resultaram em 1.101 óbitos.

Tempo

Multimédia