Províncias

Edifício da Segurança Social está em construção na Matala

Domingos Mucuta |Matala

As obras de construção do futuro edifício dos Serviços de Segurança Social no município da Matala, avaliadas em 500 mil dólares, começaram, na quarta-feira, com a colocação da primeira pedra, e devem demorar seis meses.

Acto de consignação foi na administração
Fotografia: Domingos Mucuta

As obras de construção do futuro edifício dos Serviços de Segurança Social no município da Matala, avaliadas em 500 mil dólares, começaram, na quarta-feira, com a colocação da primeira pedra, e devem demorar seis meses.
O coordenador de qualidade e sustentabilidade da Segurança Social, Manuel Moreira, que colocou a primeira pedra, disse, ao Jornal de Angola, que no edifício vai também funcionar o centro de emprego e empreendedorismo e uma agência do Banco de Poupança e Crédito (BPC), parceiro do Ministério da Administração Público, Emprego e Segurança Social.
O edifício vai dispor, entre outras dependências, de uma sala de espera, outra de reuniões, área de fiscalização, produção e apoio administrativo, arrecadação, de uma rampa para acesso a pessoas com deficiência, parque de estacionamento e fontes de energia alternativa.
A área de formação vai ter a capacidade para nove formandos, serviços de atendimento ao público e incubadora de empresas e a agência bancária, dois balcões.
Manuel Moreira afirmou que o empreendimento vai dar emprego directo a mais de 40 pessoas e que o plano de extensão dos serviços contempla a construção, numa primeira fase, de oito empreendimentos do género nos municípios da Ganda, Caála, Icolo e Bengo, Andulo, Tômbwa, Dondo e Negage.
A abertura das instalações do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS), sublinhou, propiciam muitos benefícios ao município, na medida em que persegue o objectivo traçado pelo Executivo de aproximar os serviços básicos à população.
“Os serviços de Segurança Nacional vão reduzir a distância de mais de 200 quilómetros percorrida pelos funcionários públicos, pensionistas e empresas dos municípios da zona Este da província da Huíla até ao Lubango, para tratar de assuntos relacionados com a reforma”, disse.
Depois da Matala, a delegação do Instituto Nacional de Segurança Social, encabeçada pelo coordenador de qualidade e sustentabilidade, deslocou-se ao município do Tômbwa, província do Namibe, com o mesmo propósito.

Tempo

Multimédia