Províncias

Educação quer maior controlo de docentes

O chefe de repartição municipal da Educação de Chicomba, província da Huíla, João Cambadje, exortou no sábado os directores das escolas a fiscalizarem com zelo e a exercerem um maior controlo do trabalho dos professores, visando o êxito escolar.

Autoridades locais defendem um ensino de qualidade para o combate ao analfabetismo
Fotografia: Jornal de Angola

O responsável, falando numa reunião com directores de escolas do município, afirmou ser necessário que haja maior controlo dos professores, pois alguns recebem as guias e não aparecem nos locais em que foram colocados.
 O chefe de repartição considerou pertinente que os directores façam um acompanhamento das actividades do quadro de pessoal das suas escolas, particularmente o docente, para se ter um ensino de qualidade e desejado para a população estudantil.  O responsável solicitou aos directores durante a reunião para que empenhem os docentes da região na transmissão de conhecimentos a fim de se formarem quadros competentes.
João Cambadje incentivou igualmente a organização, disciplina e rigorosidade na aplicação das políticas educativas e apela à superação e actualização permanente dos conhecimentos. Chicomba dista 220 quilómetros a norte de Lubango e tem uma população estimada em 110 mil habitantes.

Tempo

Multimédia