Províncias

Ensino aprimora métodos na Huíla

Arão Martins | Lubango

O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia da Huíla, Américo Chicote, exortou, ontem, os professores do Instituto Médio de Economia do Lubango e Colégios a aprimorarem os métodos de ensino e conteúdos das aulas.

Director Provincial da Educação da Huíla, Américo Chicote, procedeu à abertura do seminário
Fotografia: Arimateia Baptista

O director provincial da Educação, Ciência e Tecnologia da Huíla, Américo Chicote, exortou, ontem, os professores do Instituto Médio de Economia do Lubango e Colégios a aprimorarem os métodos de ensino e conteúdos das aulas.
Américo Chicote fez a abertura do seminário psico-pedagógico e didáctico, em que participam 150 professores do Instituto de Economia do Lubango e colégios.
O director provincial lembrou que o Ministério da Educação começou, em 2004, a desenvolver o processo de reforma educativa, com a finalidade de melhorar o ensino a todos os níveis, incluindo o ensino médio técnico-profissional.
Para tal, disse o director, é fundamental a realização de jornadas técnico-científicas e pedagógicas, para que os professores aprimorem os métodos e técnicas a aplicar no processo de ensino e aprendizagem. “O ensino técnico-profissional deve proporcionar ao cidadão aptidões para a sua autonomia e dar uma profissão. Esta é a melhor forma de combater o desemprego, a delinquência juvenil, a exclusão social e a pobreza”, sublinhou.
O seminário decorre até sexta-feira. São dadas aulas sobre a Constituição e a Lei da Probidade Pública, normas psico-pedagógicas e didácticas, plano de aulas, elaboração de uma matriz e de uma prova e a importância das tecnologias de informação e comunicação para a eficácia organizacional.
Jacinto Jamba, director do IMEL do Lubango, disse que o seminário de refrescamento psico-pedagógico e didáctico dirigido aos trabalhadores docentes e não docentes da instituição e aos professores dos Colégios São Filipe e Luntemo, visa fundamentalmente melhorar a qualidade do ensino técnico-profissional das escolas e áreas administrativas. Jamba disse ser objectivo do seminário inculcar nos trabalhadores o espírito de responsabilidade em todos os seus afazeres na base do rigor, capacidade, competência, atitude patriótica e justiça, e fazer de todos professores do ensino técnico-profissional verdadeiros conhecedores das normas legais da República de Angola.
A planificação das actividades docentes e educativas para bem-ensinar e avaliar com justiça os alunos, cingindo-se sempre dentro da razão humana social, e fazer dos docentes elementos conhecedores das particularidades psicológicas do seus alunos, visando o bem-aprender, são igualmente metas a alcançar com o seminário.

Tempo

Multimédia