Províncias

Famílias camponesas da Chibia recebem toneladas de sementes

Pelo menos, 1.380 famílias camponesas foram integradas em actividades produtivas, no município da Chibia, Huíla, no âmbito do Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural (PEDR), promovido, a nível nacional, pelo Ministério da Agricultura.

Governo provincial está a fomentar agricultura familiar para combater a fome
Fotografia: Jornal de Angola

Pelo menos, 1.380 famílias camponesas foram integradas em actividades produtivas, no município da Chibia, Huíla, no âmbito do Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural (PEDR), promovido, a nível nacional, pelo Ministério da Agricultura.
O director da Estação de Desenvolvimento Agrícola (EDA), Carlos Sabalo, afirmou que o projecto abrange famílias das quatro comunas que compõem a circunscrição: 6.186 da Capunda-Cavilongo, 2.345, da sede municipal, 465, do Jau e 336, da Quihita.
Carlos Sabalo disse que os agregados familiares receberam da EDA 28 toneladas de sementes, entre milho, feijão, massango e massambala, assim como 220 toneladas de fertilizantes do tipo 12-24-12, ureia e sulfato de amónio.
As famílias receberam, igualmente, utensílios de trabalho, como enxadas, catanas e charruas. Cada uma delas vai trabalhar uma extensão de terra arável de 2,5 hectares.
Neste momento, referiu Carlos Sabalo, a EDA aguarda por mais sementes, fertilizantes e instrumentos de trabalho, que vão ser entregues às famílias camponesas integradas no PEDR.
Na campanha agrícola  2008/2009, o PEDR, criado pelo Governo para fomentar a agricultura familiar e combater a fome e a pobreza, beneficiou 18 mil famílias.
O município da Chibia, com 5.281,6 quilómetros quadrados, tem 131.540 habitantes, que vivem, essencialmente, da agricultura e da criação de gado.

Tempo

Multimédia