Províncias

Fazenda Jamba na vila da Humpata aumentou a produção de morangos

André Amaro|Lubango

A Fazenda Jamba, situada no município da Humpata, aumentou a produção de morangos e pretende desincentivar a importação deste produto.

Para diversificar a produção de frutas foram plantadas videiras e árvores de lites e kiwis
Fotografia: André Amaro

A Fazenda Jamba, situada no município da Humpata, aumentou a produção de morangos e pretende desincentivar a importação deste produto.
A colheita de morangos passou de mil para três mil quilos diários na sequência do investimento feito na aquisição de tecnologia moderna e uso de fertilizantes e adubos que garantem a produção em qualidade e quantidade.
O gerente da Fazenda Jamba, Yuido Borges, prestou esta informação durante a visita que o ministro da Indústria do Botswana, Christiaan de Graa, e o secretário de Estado para a Agricultura de Angola, Amaro Tati, fizeram a esta unidade produtiva.
Yuido Borges disse que o morango produzido na Fazenda Jamba já é comercializado no Lubango, Luanda, Benguela, Huambo e Namibe. A previsão é expandir a venda para outras províncias, caso haja condições de transporte e conservação do produto.
O fazendeiro esclareceu que actualmente são os maiores produtores de morangos em todo o país e estão a fazer investimentos no sentido de aumentarem a produção e desincentivarem a importação desta fruta a partir da Namíbia e da Africa do Sul. A fazenda investiu 400 mil dólares no sistema de irrigação gota-a-gota, estufas com lonas para a protecção das chuvas, plásticos que servem para cobrir a terra de modo a preservar a humidade e manter a fruta limpa, e nos fertilizantes e adubos. Segundo Yuido Borges, está tecnologia permite alimentar as plantas com os nutrientes e proteínas necessários e ajuda a prevenir as pestes e pragas. Igualmente, facilita a conservação da fruta por mais tempo.
Com vista a diversificar a produção de frutas para o consumo, o fazendeiro disse que este ano foram plantadas 2.400 videiras, 300 macieiras, 100 árvores de lites e algumas de kiwis, cujos resultados começam a ser colhidos. Além da produção de frutas, a Fazenda Jamba está desde 1998 a produzir leite azedo, cuja produção diária é de quatro mil litros, que são comercializados nas províncias da Huíla, Namibe e Cunene, com perspectiva de se expandir para outros pontos do país.

Tempo

Multimédia