Províncias

Fundação Lwini doa meios a portadores de deficiência

João Katombela | Lubango

Um total de 300 pessoas portadoras de deficiência da província da Huíla foi contemplado com meios diversos, entre cadeiras de rodas, triciclos, andarilhos, canadianas e muletas, oferecidos pela Fundação Lwini.

Beneficiários louvam iniciativa da Fundação
Fotografia: Arimateia Baptista

Um total de 300 pessoas portadoras de deficiência da província da Huíla foi contemplado com meios diversos, entre cadeiras de rodas, triciclos, andarilhos, canadianas e muletas, oferecidos pela Fundação Lwini.
O director executivo da fundação, Alfredo Ferreira, disse que esta iniciativa se insere no cumprimento dos objectivos traçados pela organização, tendentes a apoiar as pessoas vulneráveis, e lembrou que os portadores de deficiências merecem a atenção de toda a sociedade.
“Estamos aqui para cumprir alguns dos objectivos da nossa organização. Esperamos que os meios entregues aos portadores de deficientes sejam conservados e que minimizem as dificuldades com que muitos dos nossos irmãos se deparavam no seu dia-a-dia”, salientou.
O vice-governador provincial para a área Política e Social, José Nataniel Tchissonde, agradeceu o gesto e pediu à sociedade para abraçar a iniciativa, já que nem todos têm as mesmas oportunidades na vida.
”Quero, em nome do governador provincial, agradecer a disponibilidade da Fundação Lwini, que tem sido um parceiro incasável do Governo na solução de vários problemas sociais”. O Governo está atento às preocupações das populações e em particular às dos deficientes, por isso, referiu, o Executivo tem aprovado instrumentos legais que visam a protecção das pessoas portadoras de deficiência física.
Os beneficiados louvaram a iniciativa da Fundação Lwini, afirmando que o gesto revela a valorização da sociedade em relação à pessoa com deficiência. Damião Chico, um dos deficientes, disse que os meios recebidos vão facilitar a execução das tarefas diárias.
“É com bastante satisfação e gratidão que recebemos os meios. Reconhecermos os esforços que têm sido empreendidos pelo Executivo e garantimos cuidar bem dos bens que nos foram entregues”, salientou.

Tempo

Multimédia