Províncias

Gestores actualizam conhecimentos numa acção de formação no Lubango

João Katombela | Lubango

Membros dos conselhos municipais de auscultação e concertação social da Huíla, Namibe e Cunene frequentam, de terça-feira até hoje, no Lubango, uma acção de formação sobre planeamento estratégico.

Em cada município vai ser definido um plano estratégico de acção socioeconómico
Fotografia: Jornal de Angola

Membros dos conselhos municipais de auscultação e concertação social da Huíla, Namibe e Cunene frequentam, de terça-feira até hoje, no Lubango, uma acção de formação sobre planeamento estratégico.
Na acção de formação, promovida pelo Programa de Desenvolvimento Local do Fundo de Apoio Social (FAS), estão a ser ministrados ensinamentos para a definição de estratégias com vista à elaboração e revisão dos perfis e planos dos municípios de Quilengues e Chibia, na Huíla, Cahama e Namacunde, no Cunene, e Tômbwa e Namibe.
Também estão a ser identificadas políticas destinadas a viabilizar a preparação das condições de implementação do Programa de Desenvolvimento Local, que tem o objectivo de garantir oportunidades de emprego, aumentar o rendimento familiar e incentivar e apoiar a criação, nos municípios, de pequenas indústrias de transformação. O director do FAS na Huíla anunciou que a seguir à acção de formação são concretizadas as estratégias traçadas no seminário.
Para cada município, referiu Frederico Sanumbutue, vai ser definido um plano estratégico de acção, de acordo com a realidade socioeconómica, o perfil municipal e planos de desenvolvimento.
Com a formação dos gestores, afirmou, o FAS pretende facilitar e incentivar o desenvolvimento nos municípios. “A aposta nos municípios das províncias da região sul é elaborar políticas tendentes a munir os gestores municipais de ferramentas capazes de impulsionar o desenvolvimento sustentável”, disse.
O FAZ também promove acções idênticas nas províncias do norte e do centro-sul.

Tempo

Multimédia