Províncias

Governo expõe plano de crescimento

Arão Martins| Lubango

O Plano de Desenvolvimento Socioeconómico da Huíla, que contempla 301 projectos económicos e 244 de âmbito social, a serem executados entre 2013 e 2017, foi apresentado ao Conselho de Auscultação Social da província.

Membros do Conselho de Auscultação atentos à apresentação do plano de desenvolvimento
Fotografia: Arão Martins| Lubango

O Plano de Desenvolvimento Socioeconómico da Huíla, que contempla 301 projectos económicos e 244 de âmbito social, a serem executados entre 2013 e 2017, foi apresentado ao Conselho de Auscultação Social da província.
Um comunicado do governo provincial refere que para a realização dos projectos são aplicados mais de 500 mil milhões de kwanzas. No programa para a redução da pobreza durante aquele período, afirma a nota, são investidos 18 mil milhões de kwanzas.
A melhoria da vida da população, integração social, criação de condições para o desenvolvimento tecnológico e de empreendedorismo e excelência na governação são alguns objectivos do programa.
O comunicado do governo provincial anuncia que 128 especialistas de vários sectores participam na elaboração do plano.

Administradores satisfeitos />
A administradora municipal de Chicomba confirmou que o plano de desenvolvimento económico e social da província beneficia o município. No período de execução do projecto, referiu Lúcia Francisco, está previsto construir mais casas, escolas e infra-estruturas de saúde.
A administração municipal, declarou, também está empenhada na execução de programas de agricultura e de habitação, pelo que está a construir 200 fogos habitacionais, “Estamos também a cumprir os programas integrados de desenvolvimento rural e de combate à pobreza e, por isso, o plano de desenvolvimento do quinquénio 2013/2017 é bem-vindo”, disse. O administrador municipal, Manuel Vicente, também confirmou que o plano permite criar novas infra-estruturas sociais e económicas e o de Caluquembe, Emílio Tchitacumbe, que aumenta a qualidade de vida da população que vive no meio rural.

Tempo

Multimédia