Províncias

Hospital do município de Caluquembe faz acompanhamento de seropositivos

Arão Martins | Lubango

Mais de 60 seropositivos estão, desde Janeiro, a ser seguidos e aconselhados pelo hospital da igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), no município de Caluquembe, província da Huíla.

O quadro epidemiológico e a asistência médica e medicamentosa do hospital de Caluquembe melhorou significativamente
Fotografia: Arão Martins

Mais de 60 seropositivos estão, desde Janeiro, a ser seguidos e aconselhados pelo hospital da igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), no município de Caluquembe, província da Huíla.
O presidente do hospital daquela denominação religiosa, Paulo Ismael, disse ao Jornal de Angola que os cidadãos afectados foram identificados graças à instalação do Centro de Testagem e Aconselhamento do VIH/Sida.
O hospital regista uma procura enorme de doentes provenientes de diversas localidades da província e, por essa razão, o governo provincial criou, através da Direcção Provincial da Saúde, um centro de testagem e aconselhamento do HIV/Sida.
No hospital, os doentes encontram, além assistência médica e aconselhamento, apoio espiritual.
Paulo Ismael assegurou que o quadro epidemiológico e a assistência médica e medicamentosa do hospital melhorou significativamente, com o processo de modernização e reestruturação do hospital. “Não temos muitas lamentações, como acontecia no passado.
A melhoria deve-se ao facto do hospital continuar a formar enfermeiros de nível médio, o que dinamiza a actividade e a assistência sanitária”, sublinhou.O hospital   tem capacidade para internar 240 doentes e oferece quase todos serviços. Conta com 140 enfermeiros e dois médicos. As doenças mais frequentes na localidade são as diarreias agudas, paludismo, infecções pulmonares e doenças parasitárias. Também são frequentes as doenças vaginas adquiridas durante o parto, razão pela qual o responsável considerou ser importante que as mulheres grávida, depois do parto, sigam os conselhos dados no hospital.


Nova morgue


O governador provincial da Huíla, Isaac Maria dos Anjos, entregou, recentemente, à direcção do hospital de Caluquembe, uma morgue com capacidade para conservar três corpos.
A morgue foi adquirida pela administração municipal de Caluquembe, no quadro do programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.
O presidente do hospital da IESA referiu que o governo provincial, no quadro do programa de Investimentos Públicos, já construiu uma  pediátrica no hospital de Caluquembe, o que melhorou consideravelmente a assistência às crianças.  Além disso, a unidade recebeu vários equipamentos sanitários.
“Estamos satisfeitos pelos esforços empreendido pelo governo da província, tendente a melhorar a vida da população”, disse o responsável. Actualmente, o hospital de Caluquembe está inserido no Orçamento Geral do Estado.

Tempo

Multimédia