Províncias

Huíla faz aposta no ensino eficaz

Arão Martins| Lubango

A definição das estratégias para que o processo da educação na Huíla tenha os efeitos previstos nas políticas do Executivo foi abordada durante um fórum provincial, que juntou responsáveis do sector no município da Humpata.

Continuam a ser criadas condições para que todas as crianças da região tenham acesso ao sistema normal de ensino e aprendizagem
Fotografia: Arimateia Baptista|Lubango

Os participantes no fórum concluíram que qualidade da educação não é apenas uma preocupação do Ministério, devendo ser vista como uma responsabilidade de todos os intervenientes, que reconheceram as acções empreendidas pelo Executivo, na construção e reabilitação de escolas, com vista à expansão e ampliação da rede escolar.
O Fórum Provincial de Educação, que se realizou sob o lema “Pela aceleração dos objectivos da educação para todos, reforcemos a mobilização geral de Angola e África”, concluiu haver ainda poucas escolas de Formação de Professores e magistérios primários.
Os participantes concluíram, ainda, que o empenho de todos intervenientes sociais, públicos, particulares e parceiros no cumprimento dos objectivos da educação para todos, até 2015, é vital.
A apresentação do guia metodológico do quadro de aceleração, a apresentação dos perfis de educação para todos por municípios, de acordo com o paradigma estabelecido, universalização do ensino primário, competências e preparação para a vida activa, alfabetização e educação de adultos, equidade de género, qualidade da educação estatística, também foram debatidos. A fraca promoção da equidade de género a todos os níveis, fraco aproveitamento nas disciplinas de língua portuguesa e matemática no ensino primário, falta de professores formados nas áreas de expressão plástica, educação musical, física e laboral, a fraca sensibilização das comunidades para os programas da alfabetização, são outras conclusões saídas do encontro.

Formação de professores


Os participantes concluíram que as empresas estatais e privadas dão pouca abertura ao ingresso dos estudantes finalistas das instituições vocacionadas para a formação técnico-profissional, tal como há falta de informação entre a comunidade sobre o perigo da propagação do VIH/SIDA e de outras doenças de transmissão sexual.
No encontro, foi analisada a questão da dinamização das zonas de influência pedagógica em todos os municípios, prioridade do ingresso no concurso público de candidatos oriundos das instituições de formação de professores e a inserção de mais mulheres em cargos de direcção.
Um outro aspecto que mereceu aceso debate relaciona-se com a aplicação do princípio da rotatividade periódica dos docentes e gestores escolares, assim como da oferta da formação dos gestores e técnicos de estatística, de modo a obterem-se resultados fiáveis.
 O vice-governador da província da Huíla para o sector económico, Sérgio da Cunha Velho, disse que o Ministério da Educação começou, em 2004, a incrementar o Processo da Reforma Educativa, com o objectivo de desenvolver um ensino digno e de qualidade a todos os níveis, com maior relevância para o ensino primário, por ser a base fundamental e onde as crianças começam a adquirir as noções mais elementares do ensino e conceitos básicos das diferentes disciplinas, constantes no currículo escolar.  
O processo da reforma em curso, referiu, tem diferentes componentes e estratégias de intervenção vertical e horizontal, que permitem a curto, médio e longo prazo a concretização dos principais objectivos preconizados. O Plano Nacional de Educação para Todos, com incidência nos seis objectivos do quadro de acção de Dakar, visa expandir e melhorar, em todos os aspectos, cuidados e educação na primeira infância, especialmente para as crianças mais vulneráveis e desfavorecidas, assegurando que, até 2015, todas as crianças tenham acesso ao ensino.

Tempo

Multimédia