Províncias

Huíla pede mais atenção aos criadores

Carlos Paulino | Menongue

O governador da província da Huíla, Marcelino Tyipinge, defendeu, no município do Cuangar, no Cuando Cubango, a necessidade de se dar mais atenção aos criadores de gado, para reduzir a importação de animais e de carne.

Governador da Huíla defende a criação de uma cooperativa nacional de criadores de gado
Fotografia: Lourenço Bule

Marcelino Tyipinge considerou ser necessário envidar-se esforços destinados a acabar com a ideia de que “a importação de gado ou de carne é a melhor solução, pois Angola tem capacidade, em termos de pastos, água e espaço para acabar com a entrada de produtos mais caros da República da Namíbia, Botswana e África do Sul”.
O governador defendeu, ainda, a criação de uma cooperativa nacional de criadores de gado, que possa atender aos problemas de todos os associados, uma vez que existe apenas uma instituição deste tipo para os criadores do Sul de Angola, de que fazem parte a Huíla, Namibe, Cunene e Cuando Cubango.
O governador provincial da Huíla anunciou a realização, no próximo mês de Junho, em Malanje, da cerimónia do Dia do Criador de Gado que, em 2015, vai ter lugar no Cuanza Sul. A mesma vai ser organizada pela Cooperativa de Criadores do Sul de Angola.
Sem avançar o número de criadores associados na cooperativa da região Sul, o governador sublinhou que os muitos associados precisam de apoio, para que possam acabar com as importações de carne no país. Em relação à primeira feira de gado do Cuando Cubango, referiu que “o evento foi extraordinário”, tendo em conta que foram atingidos níveis satisfatórios, que vão servir de alavanca para a realização das próximas edições.

Tempo

Multimédia