Províncias

Instituto Médio da Humpata lança profissionais no mercado

André Amaro |Lubango

O Instituto Médio Politécnico da Humpata, na província da Huíla, vai lançar este ano, no mercado de trabalho, os primeiros quadros formados nas especialidades de construção civil e instalação de electricidade.

Província vai contar com novos quadros formados em construção civil e electricidade
Fotografia: Kindala Manuel

O Instituto Médio Politécnico da Humpata, na província da Huíla, vai lançar este ano, no mercado de trabalho, os primeiros quadros formados nas especialidades de construção civil e instalação de electricidade.

Os 144 finalistas, divididos em dois cursos, ingressaram na instituição há três anos, quando foi inaugurada.
A directora do instituto, Constância dos Santos, considerou satisfatória a actividade que a escola tem desenvolvido desde a sua criação, especialmente na formação de quadros profissionais.
Constância dos Santos disse que os profissionais formados nos cursos técnicos do Instituto Médio Politécnico da Humpata estão preparados para enfrentar o mercado de trabalho e actuar de acordo com as exigências actuais.
“Com um curriculum actualizado e flexível, as áreas de formação representam uma solução para a carência de profissionais no país”, disse Constância dos Santos para quem os alunos tiveram a possibilidade de conciliar a teoria à prática nas oficinais da instituição.
Os alunos foram submetidos a estágios supervisionados nas empresas, o que permitiu desenvolver competências e habilidades específicas para fortalecer os seus conhecimentos teóricos. A direcção do Instituto Médio Politécnico da Humpata tem um projecto para apoiar institucionalmente e materialmente os alunos que depois de terminarem o curso pretendam enveredar para a criação de pequenas empresas, referiu Constância dos Santos.

Tempo

Multimédia