Províncias

Isced Huíla e Luanda celebram protocolo

Um protocolo de cooperação científica, pedagógica, técnico e académico passa a vigorar entre os institutos superiores de Ciências da Educação da Huíla e de Luanda, depois da assinatura do memorando, na cidade do Lubango.

Instituições de ensino querem formar docentes qualificados
Fotografia: Arimateia Baptista | Edições Novembro-Huíla

O director-geral do Instituto Superior de Ciências da Educação na  Huíla, José Luís Alexandre, disse que as instituições de ensino pretendem formar docentes bem qualificados para os vários subsistemas de ensino no país, afirmando ser esta a razão da assinatura do tal protocolo de cooperação.
José Luís Alexandre sublinhou que, com a cooperação, desejam sondar temáticas relacionadas com a educação, investigação, promoção e incentivo, alargando, deste modo, acções de colaboração em áreas de interesse mútuo a serem identificadas pelas duas instituições.
“Não devemos depender a cem por cento do corpo docente estrangeiro, mas sim estarmos em altura de responder às várias áreas científica, técnico e profissional. Temos que contar com um  corpo docente nacional”, disse.
João Luhaco|Lubango

Tempo

Multimédia