Províncias

Jovem com queimadura na face tentou o suicídio

Arão Martins | Lubango

Um paciente identificado por Alves Manuel, 23 anos, que deu entrada com diagnóstico de queimadura, sobreviveu a tentativa de suicídio, ao saltar, domingo, do 2º piso do Hospital Central Dr.

Fotografia: Dr

António Agostinho Neto da cidade do Lubango, província da Huíla.
O médico da unidade hospitalar, Florentino Canjongo, informou ao Jornal de Angola, que o paciente está internado desde o dia 8 deste mês, com o diagnóstico de queimadura do segundo grau, que atingiu nove por cento da superfície corporal na parte da face. Florentino Canjongo explicou que, o paciente tem antecedentes de epilepsia e caiu com a face ao fogo depois de atacado pela doença. “Ao dar entrada no hospital, o doente permaneceu no segundo piso durante três dias. Às 9h30 de domingo começou a apresentar um quadro de agitação psicomotora e foi atendido pela equipa de enfermagem que chamou de imediato seguranças do hospital que ajudaram a imobilizá-lo”, disse o médico.
“Pelas condições do quadro clínico que apresentava”, prosseguiu Florentino Canjongo, o paciente foi colocado sozinho num quarto. Às 12h00, conseguiu soltar-se e saltou do segundo piso, felizmente não caiu até ao rés-do-chão porque foi amparado pela parte exterior da base do inter-piso. Trata-se de um paciente abandonado pela família, e está a ser avaliado por psiquiatras e psicólogos ”.
O médico disse que é frequente pacientes que sofrem de epilepsia darem entrada ao hospital com casos de queimaduras. “Na maioria destes casos de queimaduras são adultos que sofrem de epilepsia. Isso acontece devido a convulsões do ataque da epilepsia”, explicou.

Tempo

Multimédia