Províncias

Jovens aprendem profissões

Mais de dez mil desempregados, dos 14 aos 36 anos, frequentaram desde 2001 cursos de artes e ofícios promovidos pelo Centro de Formação Profissional Estrela da Huíla, da Missão Católica no Lubango, disse à Angop o seu director.

Autoridades e parceiros sociais continuam empenhados na formação dos jovens no âmibito do programa de combate ao desemprego
Fotografia: Jornal de Angola

Francisco Tchivela declarou que os jovens concluíram cursos de secretariado, informática, administração pública, culinária, corte e costura, canalização, artes cénicas, serralharia, gestão de stocks, contabilidade geral e empresarial, jornalismo, música, inglês, francês, português, umbundo, dança, construção civil, gestão de recursos humanos e mecânica-auto.
O responsável da instituição disse que os cursos de informática, decoração e electricidade são os mais procurados pelos jovens, devido à facilidade de obtenção de emprego. O director do centro declarou que os cursos permitem que os jovens arranjassem mais facilmente emprego e há até os que criaram negócios.Neste momento, 2.579 jovens dos 14 municípios da Huíla requentam o centro, que tem 30 professores, foi criado em 1998 pela Organização Juvenil para o Desenvolvimento Social da Igreja Católico.

Tempo

Multimédia