Províncias

Jovens frequentam cursos para garantirem o emprego

Domingos Mucuta | Lubango

Um grupo de 224 jovens está a frequentar diversos cursos profissionais, desde Março deste ano, no Centro de Formação do Lubango, com o objectivo de adquirirem competências e habilidades técnicas que lhes garantam um posto de trabalho.

A instituição tem disponível para cada um dos cursos uma sala e um pavilhão onde são ministradas as aulas teórias e práticas
Fotografia: Arimateia Baptista | Lubango

Um grupo de 224 jovens está a frequentar diversos cursos profissionais, desde Março deste ano, no Centro de Formação do Lubango, com o objectivo de adquirirem competências e habilidades técnicas que lhes garantam um posto de trabalho.
O director do centro, Carlos Estima Pires, disse ontem que o referido ciclo formativo termina em Novembro próximo, com a preparação dos jovens nos cursos profissionais de carpintaria, construção civil, mecânica, electricidade, informática, serralharia, sapataria e corte e costura. O responsável do centro afirmou que o processo de formação decorre dentro da normalidade, uma vez que a instituição dispõe de condições materiais e humanas para a preparação teórica e prática dos formandos e garantiu que estes jovens saem aptos para trabalhar nas áreas de formação.
A instituição trabalha em parceria com o centro de emprego, responsável pela inscrição, criação da base de dados e intermediação entre os formados e as empresas.
“Este centro está vocacionado para formar cidadãos que procuram o primeiro emprego, dando-lhes capacidade para trabalharem em empresas ou criarem a sua própria oficina, no âmbito do auto emprego”, explicou. Carlos Estima Pires considerou que a adesão aos cursos é satisfatória, tendo em conta que o número actual de inscritos se aproxima da capacidade real do centro, embora alguns cursos registem maior procura que outros, em função das aspirações de cada interessado.
“A formação vai permitir com que muito jovens consigam o seu primeiro emprego no mercado do trabalho “, disse o responsável. A capacidade do centro de formação profissional do Lubango, afecto ao Ministério da Administração Pública, Trabalho e Segurança Social, é de 300 formandos. Para cada curso, a instituição tem disponível uma sala e um pavilhão, onde são ministradas as aulas nas teóricas e práticas a 20 formadores.

Tempo

Multimédia