Províncias

Juventude inserida em centros de formação

Domingos Mucuta | Lubango

O Centro de Formação Estrela da Huíla, da Organização Juvenil para o Desenvolvimento Social (OJDS), formou, no primeiro trimestre deste ano, 150 jovens em várias especialidades, disse, ontem, ao Jornal de Angola, o seu director.

O Centro de Formação Estrela da Huíla, da Organização Juvenil para o Desenvolvimento Social (OJDS), formou, no primeiro trimestre deste ano, 150 jovens em várias especialidades, disse, ontem, ao Jornal de Angola, o seu director.
Francisco Tchivela afirmou que os jovens terminaram com êxito os cursos de culinária, informática, decoração, serralharia e electricidade, ministrados em instalações da Missão Católica do Lubango.
Além destes, referiu, são ministrados cursos de contabilidade geral e informatizada, de desenho técnico, corte e costura, informática, electricidade e decoração.
Estes 150 jovens, frisou, juntam-se a outros 4.814 jovens já formados pela instituição.
“A disponibilização do certificado é da responsabilidade do Instituto Nacional de Formação Profissional (INAFOP)”, disse Francisco Tchivela, acrescentando que o centro de formação profissional que dirige tem parcerias com instituições públicas e privadas, que recebem os formados para estágios ou empregos temporários e que outros jovens montam oficinas, fomentando o auto emprego.
“Muito jovens aplicados conseguiram firmar contratos de trabalho com as empresas, depois de um período de estágio”, declarou, congratulando-se:
 “Alguns gestores passam pelo nosso centro a solicitar jovens formados para preenchimento de vagas nas empresas”, disse o director, acrescentado que o centro regista muita procura de pessoas de vários estratos sociais, que pretendem ter um curso.

Tempo

Multimédia