Províncias

Maior participação dos pais é essencial para melhorar a qualidade da educação

André Amaro | Lubango

Os pais e encarregados educação devem participar cada vez mais no processo de ensino dos seus educandos, para se melhorar a qualidade da aprendizagem na província, concluíram os participantes no nono encontro metodológico da direcção provincial da Educação da Huíla, realizado na cidade do Lubango.

Direcções das escolas da província devem promover acções de esclarecimento junto dos pais e encarregados de educação sobre normas de funcionamento das instituições
Fotografia: Arimateia Baptista |Huíla

Os pais e encarregados educação devem participar cada vez mais no processo de ensino dos seus educandos, para se melhorar a qualidade da aprendizagem na província, concluíram os participantes no nono encontro metodológico da direcção provincial da Educação da Huíla, realizado na cidade do Lubango.
O encontro metodológico, que reuniu membros do conselho da direcção provincial da Educação, Ciência e Tecnologia, chefes de repartição, inspectores, supervisores pedagógicos, directores de escolas e parceiros locais, recomendou que se continue o processo de constituição de comissões de pais e encarregados de educação em assembleias próprias, obedecendo a princípios de eleições democráticas.As direcções das escolas devem promover acções de esclarecimento, junto dos pais e encarregados de educação, sobre as normas de funcionamento das instituições, enquanto as repartições municipais de Educação, em coordenação com a direcção provincial, têm de criar condições para os docentes, tendo em vista a inclusão de alunos com necessidades educativas especiais.
A realização de mais seminários de formação e superação para os professores do ensino primário nas disciplinas de Matemática, Língua Portuguesa, Educação Musical, Manual e Plástica, e de gestores escolares foi outra das conclusões aprovadas no encontro.
O vice-governador para a área política e social, José Arão, pediu aos participantes ao encontro para porem em prática as recomendações e conclusões saídas da reunião. O Governo Provincial da Huíla assegurou que as autoridades estão a fazer tudo para que o ano lectivo comece de forma regular.
Para isso, explicou o vice-governador, é necessário o acompanhamento e fiscalização das actividades desenvolvidas nas instituições escolares, por parte dos responsáveis da área de inspecção.
José Arão chamou ainda a atenção para a necessidade de professores, alunos e encarregados de educação garantirem a manutenção e conservação do património escolar.
O nono encontro metodológico da direcção provincial da Educação, Ciência e Tecnologia da Huíla abordou temas relacionados com a melhoria do processo de ensino e aprendizagem nos vários subsistemas. Os participantes reflectiram ainda sobre o processo de inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais nas escolas públicas e privadas, e a melhoria do programa de revitalização da alfabetização e aceleração escolar, sistemas de avaliação e aprendizagem. 
A supervisão escolar e o ponto de situação da formação inicial e contínua dos professores e funcionários do sector da Educação, assim como a gestão da carreira docente também foram analisados no nono encontro metodológico da direcção provincial da Educação.
Os participantes debateram igualmente a importância das tecnologias de informação e comunicação na elaboração de pautas, horários e outros conteúdos nas escolas, e da Educação Física e Desporto Escolar, nas classes iniciais.

Tempo

Multimédia