Províncias

Mais cursos universitários na Huíla

Domingos Mucuta | Lubango

O presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola (IESA), reverendo Diniz Eurico, garantiu, no Lubango, que no próximo ano lectivo a Universidade afecta à sua instituição religiosa vai ter no seu currículo os cursos de Economia, Agronomia e Medicina.

Reverendo Diniz Eurico anunciou em conferência de imprensa a abertura de novos cursos
Fotografia: Arimateia Baptista

Diniz Eurico disse que a sua instituição conta no presente ano lectivo com 430 estudantes, nos cursos de Sociologia, número que tende a aumentar com os novos cursos.
O reverendo, que revelou o facto em conferência de imprensa, acrescentou que a sua instituição tem em carteira um projecto denominado “Escolas para Todos”, que prevê a construção de salas de aulas em todos os templos e capelas da igreja, para beneficiar cerca de 100 mil crianças. O pastor sublinhou que o projecto, lançado em 2006, inicialmente para atender os filhos dos membros da congregação, permitiu a formação de diversas crianças nas localidades do interior onde existem capelas da igreja. Revelou que a IESA tem mais de mil templos em todas as províncias.
O responsável enalteceu o apoio do Governo da província da Huíla na cedência de um terreno, onde é edificado o campus da Universidade da Igreja Evangélica Sinodal de Angola.
O presidente da IESA informou também que o Instituto Bíblico de Caluquembe está a formar este ano 60 casais nas matérias de teologia, complementadas com cadeiras de âmbito social, visando prepará-los para serem verdadeiros obreiros de Cristo.  Segundo o presidente da Igreja Evangélica Sinodal de Angola, o Hospital de Caluquembe, embora continue a prestar assistência médica e medicamentosa aos pacientes, vai beneficiar, ainda no decurso deste ano, de obras de melhoria e ampliação, num valor de 20 mil milhões de kwanzas, inscrito no Orçamento Geral do Estado.
Os técnicos do Ministério da Construção estiveram no terreno, para os trabalhos preliminares.
O reverendo Diniz Eurico anunciou também, para este ano, a realização da segunda conferência internacional da juventude da Igreja Evangélica Sinodal de Angola, com o propósito de dialogar para desenvolver.  Diniz Eurico disse que a conferência é uma oportunidade para os jovens provenientes de todas as províncias e de países da África Austral darem o seu contributo, para a solução dos seus problemas sociais. No dizer de Diniz Eurico, a sua Igreja continua a realizar campanhas de evangelização e edificação da vertente espiritual das pessoas, nas províncias do Kuando-Kubango, Cunene, Huíla, Luanda, Cabinda, Zaire, Malange, Kwanza-Norte e Benguela.
 O presidente da IESA disse que o objectivo central das campanhas de evangelização é contribuir para o resgate de valores morais e cívicos, redução da delinquência juvenil e consumo de bebidas alcoólicas. O reverendo enfatizou que a Igreja entende que “pregando o evangelho é possível promover a mudança de atitudes e comportamentos dos cidadãos”.
“Tem havido bons resultados, porque muitos jovens deixam o consumo de bebidas alcoólicas e outras práticas negativas para aceitar Cristo. Está também a diminuir o índice de promiscuidade e casamento precoce das pessoas que aceitam Cristo como senhor e salvador”, sustentou.

Tempo

Multimédia