Províncias

Mais de 1.500 pacientes socorridas na Huíla

O Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola socorreu um total de 1.534 pacientes em 2017 com patologias diversas  na província da Huíla, menos 384 em relação ao período anterior, com registo de um óbito ocorrido numa ambulância provocado por câncer do pulmão em fase terminal. A informação foi avançada há dias no Lubango, pelo director dos serviços locais, Paulo Luvangamo.

Instituto de Emergências Médicas foi criado por altura do CAN
Fotografia: Arimateia Baptista | Edições Novembro | Lubango

Segundo o responsável, deste número de pacientes assistidos pelo INEMA na Huíla, 1.143 casos foram do fórum clínico,  221 por  politraumatismo , 107 de ginecologia e obstetrícia, dois de psiquiatria e 63 transferências intra-hospitalares. As idades dos pacientes variam entre os 25 e 67 anos.
Paulo Luvangamo afirmou que os pacientes foram socorridos e encaminhados para unidades hospitalares  de referência, tais como o  Hospital Central do Lubango Doutor António Agostinho Neto e Maternidade Irene Neto.
Os hospitais pediátrico e psiquiátrico, recentemente construídos pelo Governo e  instalados no bairro da Eiwa, no Lubango, contribuíram para os resultados acima referidos. O responsável disse que os Serviços de Saúde atenderam igualmente, 203 pacientes que solicitaram os primeiros socorros às ambulâncias na via pública, e 233 nos hospitais, a maior parte destes oriundos dos centros municipais de saúde do Lubango, Chibia, Matala e Caluquembe.
Paulo Luvangamo apontou por outro lado a demanda de serviços efectuados, por via de transferências inter-provinciais , nomeadamente de um número considerável de pacientes com hemodiálise,  provenientes das províncias da Huíla, Benguela e Huambo, para tratamento em Luanda, bem como da região sul do país para a República da Namíbia.
A evacuação desses pacientes, segundo o director do INEMA na Huíla foi realizada por via terrestre e aérea.
De realçar que os serviços do Instituto Nacional de Emergências Médicas começaram a funcionar em 2010 por ocasião do Campeonato Africano da Nações (CAN) em Futebol.
 
Acções para 2018
 O Instituto Nacional de Emergências Médicas de Angola (INEMA) na Huíla projecta para este ano a realização da Feira da Saúde em parceria com a UNITEL. O certame está aprazado para o mês de  Agosto. João Luhaco| Lubango.

Tempo

Multimédia