Províncias

Mais docentes em seminário

João Katombela | Lubango

O sector da Educação no município de Quipungo, província da Huíla, foi reforçado com 105 professores do ensino primário ao segundo ciclo, admitidos através de concurso público, realizado pela direcção provincial da Educação da Huíla, em 2012.

Novos professores do município recebem conhecimentos sobre metodologias de ensino
Fotografia: Arimateia Baptista|Lubango

O sector da Educação no município de Quipungo, província da Huíla, foi reforçado com 105 professores do ensino primário ao segundo ciclo, admitidos através de concurso público, realizado pela direcção provincial da Educação da Huíla, em 2012.
Os novos docentes, que estão, desde segunda-feira, a participar numa acção de formação, recebem conhecimentos sobre metodologias de ensino, elaboração do plano de aulas, o perfil do professor, técnicas e meios de avaliação de aptidões.
O chefe da Repartição Municipal de Educação de Quipungo, Manuel Amadeu, informou que, durante os 15 dias de formação, os participantes vão ser munidos de ferramentas que lhes possibilitem desempenhar com zelo e profissionalismo a sua actividade. “É bem verdade que nem todos os agentes de ensino que o município recebeu têm agregação pedagógica, daí que pensámos, durante estes 15 dias de formação, municiá-los com instrumentos próprios para o processo de ensino e aprendizagem, para que possam trabalhar em conformidade com os preceitos pedagógicos, nos locais onde forem colocados” disse.
Para este ano lectivo, a prioridade é o interior da municipalidade, com destaque paras as comunas da Cainda, Hombo, Chiconco e Chicungo. A repartição municipal da Educação de Quipungo tem 1.250 professores, incluindo os novos agentes admitidos e colocados nas comunas.
Neste município, que fica a 120 quilómetros do Lubango, estão matriculados 49 mil alunos, nos diversos níveis de ensino. A rede escolar  é composta por 188 escolas, construídas no âmbito do Programa de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

Tempo

Multimédia