Províncias

Mais habitação para famílias do município

Arão Martins | Caluquembe

A construção de prédios de um piso em Caluquembe, além de aumentar o número de famílias com casa própria, está a mudar a imagem daquele município da Huíla, considerou na terça-feira o administrador local.

Edifícios em construção na sede da comunal de Sandula ficam concluídas dentro em breve
Fotografia: Arão Martins | Cunene

José Arão Nataniel salientou que os edifícios, de três e quatro quartos, estão a ser construídos na sede comunal de Sandula e, numa primeira fase, estão concluídos cinco.
A par da construção de prédios, que vão alargar a capacidade de atendimento, está em curso no município a edificação de casas, no quadro do programa de 200 fogos habitacionais em todos os municípios, 20 das quais já concluídas e vão ser entregues em breve.   “O objectivo é, até 2017, os jovens terem casa própria e condigna”, adiantou.
No quadro do programa de autoconstrução dirigida, a administração tem como meta atingir cinco mil fogos habitacionais, nos próximos tempos. Para isso, estão a ser cedidos cinco mil lotes de mil metros quadrados.
“O Governo está a fazer a sua parte e os munícipes devem fazer a sua", salientou.
O administrador garantiu que o município tem espaço para albergar muita população, restando ainda lotes preparados para ceder às pessoas interessadas em erguer a sua própria moradia em Caluquembe. Para solicitar uma parcela de terra, o processo é simples, "basta para o efeito que o interessado, no âmbito da Lei, faça um requerimento ao administrador municipal. Com a política de diminuição da burocracia e o aumento da oferta habitacional às famílias, a cedência de espaço é rápida e facilitada, garantiu o administrador.

Passos firmes

O município de Caluquembe está a dar passos significativos para o cumprimento da promessa do Executivo para com as populações locais, considerou.  Uma das grandes preocupações das populações  de Caluquembe e das autoridades tem a ver com a requalificação urbana e a oferta de moradias à juventude.
 Esta questão vai ficar ultrapassada em breve, realçou Nataniel.  O reordenamento rural é outra acção que está a ser desenvolvida no município de Caluquembe, com a divisão de parcelas localizadas ao longo das grandes linhas de água, para um melhor aproveitamento da produção a­grícola, concluiu.

Tempo

Multimédia