Províncias

Melhorado o abastecimento de água

Estanislau Costa | Lubango

Os novos equipamentos sociais da comuna do Libongue, município da Chicomba, vão melhorar o abastecimento de água potável e a assistência sanitária.

Inuaguração do sistema de distribuição e captação da água potável devolve a qualidade de vida aos munícipes que antes se abasteciam nos rios
Fotografia: Arimateia Baptista |Lubango

Os equipamentos, fruto do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, reanimaram a vida da comuna com o funcionamento do sistema de captação, tratamento e distribuição de água potável, equipado com uma motobomba eléctrica, painel solar, reservatório e canalização domiciliar.
O novo centro de saúde conta com uma farmácia, duas enfermarias com seis camas, salas de consultas, de vacinação, aconselhamento sobre planeamento familiar e doenças sexualmente transmissíveis.
 O director em exercício da Saúde de Chicomba, Miguel Correia, qualificou o novo centro de saúde como um bem importante para os habitantes de Libongue. “O centro de saúde permite que as pessoas se tratem aqui mesmo e as doenças, como paludismo, diarreias agudas, respiratórias, vão ser mais bem controladas.”
 A entrega de uma ambulância, afirmou, cria condições para a evacuação de pacientes dos grandes centros hospitalares da sede da província, Lubango. Explicou que os casos que resultam em óbito podem agora ser minimizados, por haver transporte para evacuar os pacientes em estado grave. A localidade de Vila Real, nos arredores de Chicomba, conta com um moderno sistema de captação e distribuição de água potável, orçado em dez milhões de kwanzas. O fontanário é alimentado por um painel solar e está projectado para bombear 2.500 litros por hora.
O director de Energia e Águas da Huíla, Abel João da Costa, explicou ao Jornal de Angola que o sistema de captação erguido é um dos novos modelos instalados a nível da província.  Foram instaladas estruturas metálicas e de betão nalgumas localidades de Chicomba, Jamba, Matala e Quipungo. A conservação e manutenção dos novos fontanários são feitas por uma equipa de gestão, composta por membros da comunidade beneficiária do sistema de água.
 
Preservar o equipamento
 
O soba Emanuel Jango é uma das autoridades tradicionais satisfeitas com o abastecimento de água do fontanário.  “Já temos boa água para beber, por isso estamos a mobilizar e a sensibilizar todos os habitantes para conservar o equipamento e fazer com que o sistema dure mais tempo”.
As novas tecnologias de informação e comunicação chegaram à sede do município de Chicomba, há três anos, e já abrangeram um número considerável de crianças e jovens de várias escolas, tendo a maioria aprendido a trabalhar com o computador e Internet na biblioteca municipal.

Tempo

Multimédia