Províncias

Mercado da Humpata recebe vendedores em Dezembro

Arão Martins| Humpata

Os vendedores do mercado paralelo da Tamana, no município da Humpata, província da Huíla, vão comercializar os seus produtos em melhores condições de higiene e de comodidade a partir de Dezembro, quando forem transferidos para o novo mercado municipal que tem as obras em fase de conclusão.

O novo mercado da Humpata tem capacidade para albergar mais de 500 vendedores
Fotografia: Jornal de Angola

 Os vendedores do mercado paralelo da Tamana, no município da Humpata, província da Huíla, vão comercializar os seus produtos em melhores condições de higiene e de comodidade a partir de Dezembro, quando forem transferidos para o novo mercado municipal que tem as obras em fase de conclusão.
Com capacidade para albergar cerca de 500 vendedores, o novo mercado possui 50 compartimentos de bancadas, um balneário, um parque de estacionamento para 300 viaturas, 16 currais, 12 lojas de comércio misto e armazéns diversos.
As obras de construção do novo mercado municipal, inseridas no programa do Governo de combate à pobreza, tiveram início em Novembro do ano passado. O empreiteiro Miguel António disse na segunda-feira, na Humpata, que a obra já foi executada em 90 por cento, estando a decorrer os acabamentos na pavimentação do chão e pintura das bancadas.
As obras custaram 70 milhões de kwanzas, o que proporcionou 50 empregos directos aos jovens do município da Humpata, localidade que fica a 22 quilómetros da cidade do Lubango.
A administradora municipal, Maria do Céu, disse que além de acomodar os vendedores, a construção do mercado municipal vai permitir melhorar o controlo das taxas a favor do Estado. Assim que os trabalhos terminem, vai começar o processo de registo dos vendedores a serem transferidos do mercado paralelo de “Tamana” para o novo estabelecimento comercial, que será entregue a 11 de Novembro, explicou Maria do Céu.

Tempo

Multimédia