Províncias

Milhares de cabeças de gado bovino estão a ser vacinadas

Arão Martins | Lubango

Os Serviços Veterinários no município de Chipindo, situado a 456 quilómetros da cidade do Lubango, estão a vacinar o gado bovino na região para impedir a proliferação de doenças como peripneumonia contagiosa, dermatite nodular e carbúnculo hemático e sintomático.

Criadores de gado na região de Chipindo defendem a implementação de campanhas sistemáticas de vacinação
Fotografia: Arão Martins | Edições Novembro

O responsável do sector na região, Manuel Chivela, disse que a peripneumonia contagiosa é uma das doenças perigosas que estão a causar prejuízos aos criadores de gado no município. “A dermatite nodular contagiosa também é outra doença que está a provocar a morte de bovinos, daí a importância da erradicação destas epidemias”, frisou.

Actualmente, está em curso nas comunas de Bambi, Bunjei e na sede municipal, uma campanha de vacinação que vai abranger milhares de cabeças de bovino, disse Manuel Chivela.
“Estamos a atender às solicitações dos criadores que pedem vacinação sistemática do seu gado”, disse o responsável, acrescentado que o processo de vacinação vai abranger também as aldeias mais distantes do município. /> Manuel Chivela anunciou que vão ser construídos em várias regiões do município mangas de vacinação e tanques-banheiros, “com vista a manter a sanidade bovina.”
Por seu lado, o administrador municipal de Chipindo, Hélder Lourenço, disse que o Ministério da Agricultura está a dar prioridade à criação de condições para os técnicos veterinários, para que estes intervenham oportunamente nas comunidades criadoras de gado. “Os técnicos de veterinária precisam de condições para poderem fazer o acompanhamento da actividade dos criadores. O Ministério da Agricultura já garantiu que vai continuar a apoiar estes serviços” disse o responsável.
Chipindo vive, essencialmente, da actividade agropecuária, desenvolvida pela maioria dos habitantes.

Tempo

Multimédia