Províncias

Milhares de estudantes no ensino universitário

Domingos Mucuta| Lubango

Cerca de cinco mil estudantes estão matriculados, este ano lectivo, na Universidade Mandume ya Ndemofayo, da VI Região Académica, nos cursos de pedagogia, económica, direito e medicina, disse, ao Jornal de Angola, o seu vice-reitor.

Estudantes universitários têm várias opções
Fotografia: Domingos Mucuta| Lubango

Cerca de cinco mil estudantes estão matriculados, este ano lectivo, na Universidade Mandume ya Ndemofayo, da VI Região Académica, nos cursos de pedagogia, económica, direito e medicina, disse, ao Jornal de Angola, o seu vice-reitor. José Luís lembrou que os cursos são ministrados, nos Institutos Politécnicos e nas Faculdades, no Namibe, Kuando-Kubango, Cunene e Huíla.
A direcção da Universidade, referiu, está empenhada em reformular as condições dos laboratórios e das bibliotecas e que os docentes actualizem conhecimentos sobre metodologias de ensino e de investigação científica.
É urgente, declarou o responsável, que os laboratórios sejam devidamente equipados, sobretudo os da faculdade de medicina, para a melhoria do ensino.
A Universidade Mandume ya Ndemofayo, disse, realiza ainda  este ano a primeira conferência científica para “analisar e definir o perfil” dos alunos que forma “em função das exigências do mercado de trabalho”.
O vice-reitor salientou a importância dos alunos dedicarem-se à investigação científica para poderem futuramente participar no desenvolvimento do país.
A Universidade Mandume, da VI Região Académica  foi criada, em 2009, por decreto 7/09 de 12 de Maio e tem a sede na cidade do Lubango, província da Huíla.

Tempo

Multimédia