Províncias

Miss Angola com as crianças

Estanislau Costa| Lubango

Mais de 80 crianças internadas no Hospital Pediátrico Pioneiro Zeca do Lubango, na província da Huíla, foram contempladas com brinquedos e outros mimos de Natal, entregues pela Miss Angola 2015, Witnney Shikongo.

Miss Angola Witnney Shikongo visitou crianças doentes no Lubango na sua primeira acção depois de eleita
Fotografia: Arimateia Baptista| Lubango

A huilama dos Gambos conviveu com as crianças doentes e entregou à direcção do hospital pediátrico géneros alimentares e refrigerantes.
Miss Angola afirmou que neste momento festivo “é importante que todos estejam solidários com as pessoas internadas nos hospitais, sobretudo crianças e idosos, para que não se sintam abandonadas ou isoladas”.
Durante a visita ao Hospital Pediátrico Pioneiro Zeca, Witnney Shikongo falou com as crianças internadas, deu-lhes coragem e “muito mimo”.
Deu também uma palavra de solidariedade aos pais. Miss Angola também quis saber dos técnicos como está a assistência médica e medicamentosa, corpo clínico, stock de medicamentos e a capacidade de internamento.

Witnney agradecida


Witnney Shikongo ficou satisfeita com a qualidade de atendimento. E a todos deixou palavras de simpatia e agradecimento por estarem a minorar o sofrimento das crianças e dos seus familiares. 
O director-geral do Hospital Pediátrico do Lubango, Nsimba Nafilu, enalteceu o gesto da Miss Angola e a primeira actividade pública, depois da sua recente eleição, explicando que estão internados na unidade hospitalar 80 crianças com doenças, como malária, intoxicação por uso de medicamentos tradicionais, diarreias agudas, anemia, mal nutrição e outras.
Afirmou que assistência as crianças melhorou substancialmente, fruto da execução do Programa de Municipalização dos Serviços de Saúde que tem facilidade a aquisição de medicamentos, alimentação e outros meios necessários ao conforto das pessoas acamadas.
O director do hospital garantiu que estão criadas as condições humanas e materiais para dar solução de todos os casos que se registarem na quadra festiva. Pediu aos pais para “redobrarem os cuidados com a alimentação das crianças, evitando refrigerantes e outros guloseimas”.

Maior capacidade

A construção de duas naves na zona do bairro da Mitcha, favoreceu o aumento da capacidade de internamento para 128 crianças, no Hospital Pediátrico Pioneiro Zeca do Lubango, facto que está a descongestionar o fluxo de doentes nas antigas instalações.
As novas infra-estruturas sanitárias entregues pelo governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge, estão a receber crianças com patologias como a malnutrição, sarampo ou doenças respiratórias agudas.
O director-geral do Hospital Pediátrico, Nsimba Nafilu, considerou as novas instalações uma mais-valia para a população, por oferecer mais comodidade aos doentes e familiares provenientes da periferia da cidade do Lubango.
As naves, além das salas de internamento, possuem uma farmácia, área administrativa, tratamento ambulatório e parque de estacionamento.

Tempo

Multimédia