Províncias

Muitas crianças ainda sem cédula

Domingos Mucuta| Lubango

Na cidade do Lubango há milhares de crianças em idade escolar sem cédula pessoal, disse, na terça-feira, o coordenador do projecto Registo de Nascimento.

Registo é gratuito até aos cinco anos
Fotografia: Paulino Damião

Na cidade do Lubango há milhares de crianças em idade escolar sem cédula pessoal, disse, na terça-feira, o coordenador do projecto Registo de Nascimento.
Daniel Dumbo afirmou que a realidade foi apurada num levantamento, que decorre desde Dezembro, que permitiu inscrever mais de dois 2.700 crianças e adolescentes dos bairros da Lalula, Mitcha e Bula Matady, arredores da cidade, no quadro do programa "Mãos Juntas II" da Rede Criança Huíla, que tem o apoio da UNICEF. Os dados recolhidos pela associação, referiu, são enviados para a Conservatória de Registo de Civil da Huíla. />A falta da cédula pessoal, frisou, dificulta a continuação dos estudos dos alunos que transitam do primeiro para o segundo nível, facto preocupante para pais e encarregados de educação que, em muitos casos, "não possuem também Bilhetes de Identidade".
A conservadora adjunta do Registo Civil da Huíla lembrou que o registo de nascimento é gratuito até aos 5 anos e que os adultos pagam 2.400 kwanzas de emolumentos Emília Cacuhu disse que há dificuldade em atribuir cédulas a crianças, cujos pais não estão devidamente identificados.

Tempo

Multimédia