Províncias

Mulheres convidadas a reforçar acções de saneamento básico

A chefe do departamento provincial de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Judite Rocheta, manifestou na quarta-feira, no Lubango, a necessidade das mulheres participarem mais nas actividades que visam a melhoria do saneamento básico nas comunidades onde estão inseridas.

Saneamento básico das ruas continua a ser preocupação das administrações
Fotografia: Jornal de Angola

A chefe do departamento provincial de Saúde Pública e Controlo de Endemias, Judite Rocheta, manifestou na quarta-feira, no Lubango, a necessidade das mulheres participarem mais nas actividades que visam a melhoria do saneamento básico nas comunidades onde estão inseridas.
No final de uma palestra sobre a “Importância da participação da mulher no saneamento básico”, a responsável disse à Angop que o lixo constitui um grande problema para a sociedade, razão pela qual as mulheres devem ajudar o governo a manter a higiene e garantir a saúde da comunidade. A oradora refere que a falta de higiene no lar, na rua e noutros locais, provoca doenças que colocam em risco a vida, apelando à adopção de uma postura mais responsável por parte de todos. “A saúde depende muito da limpeza do meio e da responsabilidade no tratamento dos resíduos sólidos e protecção do ambiente”, frisou Judite Rocheta.
Pediu ainda à população para colocar o lixo em lugares apropriados e assim facilitar a recolha dos resíduos pelos serviços municipais.
O evento contou com a participação de autoridades administrativas, tradicionais, ONG e religiosos.

Tempo

Multimédia