Províncias

Município da Chibia precisa de salas

O município da Chibia, localizado a 45 quilómetros a Sul do Lubango, província da Huíla, necessita de pelo menos 100 novas salas de aulas para albergar três mil e 170 crianças que se encontram fora do sistema normal de ensino.

O município da Chibia, localizado a 45 quilómetros a Sul do Lubango, província da Huíla, necessita de pelo menos 100 novas salas de aulas para albergar três mil e 170 crianças que se encontram fora do sistema normal de ensino.
Falando à Angop, o responsável pelo ensino geral da secção municipal da Educação, Pedro Chimuku, disse que a Chibia tem 103 escolas do ensino primário, insuficientes para satisfazer as reais necessidades locais. “Temos grande carência de salas de aulas, principalmente, do ensino primário, onde registamos maior procura. A construção de mais 100 salas vai minimizar o problema e reduzir o número de crianças que estão fora do sistema de ensino no nosso município”, expressou.
Pedro Cjimuku referiu que a localidade carece, igualmente, de 300 novos professores primários, uma vez que a Repartição da Educação controla escolas com apenas dois professores, que ficam sobrecarregados, pois trabalham em dois períodos (manhã e tarde).
Um concurso público, realizado em Abril último, vai permitir a admissão de 150 novos docentes, ainda assim insuficientes para satisfazer a demanda, disse o responsável.
Pedro Chimuku manifestou-se satisfeito pelo esforço do Governo na construção de novas infra-estruturas escolares, que, na sua óptica, vão, paulatinamente, satisfazendo as necessidades do município.
Com uma população estimada em 131 mil e 540 habitantes, o município da Chibia tem uma rede escolar composta por 109 escolas, das quais 103 primárias, cinco do primeiro ciclo e uma do segundo ciclo, asseguradas por 883 professores.

Tempo

Multimédia