Províncias

Novas escolas melhoram o ensino

Estanislau Costa | Caluquembe

Mais de 630 crianças em idade escolar que frequentavam aulas em locais impróprios, na comuna da Negola, município de Caluquembe, vão agora aprender em salas com condições com a abertura de uma nova escola.

Destinada ao I ciclo do ensino primário, a escola tem seis salas, sala de professores, área administrativa e lavabos, e foi construída no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento e Combate a Pobreza. O imóvel custou em 23 milhões de kwanzas.
As crianças, beneficiárias directas do estabelecimento, enalteceram os esforços do Executivo por construir “uma escola bonita, com carteiras, livros, cadernos. Agora, não vamos mais apanhar chuva nem o vento vai atrapalhar as nossas aulas ou rasgar os cadernos”.
O administrador comunal da Negola, Paulo Jeremias, informou que o sector da Educação está operacional, com o surgimento de novas escolas completamente apetrechadas com mobiliário diverso, para desenvolver o ensino sem sobressaltos. A montagem de um gerador pelo Governo Provincial vai permitir que aulas possam ser ministrada à noite, aumentando, deste modo, o acesso de crianças ao ensino. A abertura ao público do novo centro comunal de saúde e a entrega de uma ambulância aumentou a capacidade de atendimento, internamento e facilidade de se prestar os primeiros socorros aos pacientes.

Povoações com água

Os habitantes das povoações da Vila Branca e Vatuco passaram a consumir água potável graças à construção de dois sistemas de captação e distribuição de água, no âmbito da execução do programa Água para Todos”. Os painéis solares fornecem energia às bombas de sucção de água.
A existência de tanques para cuidar da higiene do vestuário, balneário e outros apetrechos mereceu o reconhecimento das mulheres. Disseram que, a partir de agora, vão cuidar melhor da higiene do vestuário e das casas, para evitar cada vez mais o contágio de doenças.
Ao todo, 4,8 milhões de kwanzas são empregues em projectos destinados à criação de 12 sistemas de captação e distribuição de água potável no próximo ano. Enquadrado no Programa de Investimentos Públicos (PIP), a acção abrange Chibia, Humpata, Quipungo, Quilengues, Cacula, Matala, Cuvango, Chipindo, Caconda, Chicomba, Gambos e Caluquembe.
De acordo com um relatório do Governo Provincial, está programada a instalação de nova tubagem nas condutas de transporte dos municípios da Chibia, Cacula, Caconda, Chipindo e Caluquembe.
No quadro do reforço da capacidade de infra-estruturas públicas levada a cabo pelo Executivo, está a ser construído o novo edifício da administração municipal de Caluquembe, estimado em 103 milhões de kwanzas. A nova estrutura, localizada na nova centralidade de Caluquembe, vai ter dois andares com vários compartimentos, entre os quais sala de reuniões, diversos gabinetes, sala de espera, lavabos, arrecadação, área de atendimento ao público e outras. A obra é executada em meses.
O governador João Marcelino Tyipinge procedeu à colocação da primeira pedra e deu ordens à empreiteira para cumprir os prazos estabelecidos e primar pela qualidade.

Tempo

Multimédia