Províncias

Novas residências na vila de Humpata

Domingos Mucuta e Capitão Arem's | Humpata

As primeiras 30 novas casas, das 200 previstas para o município da Humpata, já estão concluídas e prontas para serem entregues aos seus beneficiários, revelou sexta-feira o governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge.

A área do projecto habitacional, inserido no Programa de Investimentos Públicos, tem arruamentos, passeios e redes de abastecimento de água e energia.
O administrador municipal adjunto da Humpata, Nandin Capenda, aventou a hipótese do governo contratar outra construtora para concluir as restantes casas, visto que as obras registam atrasos consideráveis e a actual empreiteira justifica a demora com atrasos no pagamento por parte do Estado.
A entrega das casas, destinadas aos funcionários públicos do município da Humpata, depende da solução destes problemas.
 “As obras devem estar completamente acabadas e só assim podem ser entregues aos beneficiários”, argumentou o administrador.
O vice-governador da Huíla para o Sector Económico, Sérgio da Cunha Velho, confirmou que as obras dos 200 fogos habitacionais do município da Humpata estão atrasadas e algumas casas inacabadas por falta de verbas.
Sérgio da Cunha Velho frisou que o atraso nos pagamentos é provocado pela crise económica, o que retarda também a conclusão das obras do centro de saúde do município da Humpata, projectado para ter 120 camas, para reforçar a assistência médica.

Tempo

Multimédia