Províncias

Novas salas abertas no município de Quipungo

Arão Martins| Quipungo

Duas escolas de quatro e seis salas cada, construídas na sede municipal de Quipungo, a leste do Lubango, começaram na quinta-feira a receber alunos.

Governador provincial tem estado a inaugurar vários projectos de impacto social construídos no âmbito do programa de desenvolvimento rural
Fotografia: Arimateia Baptista| Quipungo

Duas escolas de quatro e seis salas cada, construídas na sede municipal de Quipungo, a leste do Lubango, começaram na quinta-feira a receber alunos.
Construídas com fundos do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural de Combate à Pobreza, os dois estabelecimentos de ensino foram inaugurados pelo governador provincial da Huíla, João Marcelino Tyipinge.
A par destas novas, a administração ampliou e reabilitou as escolas primárias nº97 e 341, na sede municipal de Quipungo, o que custou mais de 30 milhões de kwanzas. A intervenção permitiu ainda construir a vedação das referidas instituições escolares, para aumentar a segurança dos alunos do ensino primário.
O chefe da repartição municipal da Educação de Quipungo, Manuel Amadeu, considerou que a abertura destas escolas vai ajudar a minimizar o problema de falta de salas e diminuir o número de crianças fora do sistema de ensino.
Neste momento, a sede municipal de Quipungo passa a dispor de 15 instituições escolares de construção definitiva.
O chefe de repartição disse que, no presente ano lectivo, o município de Quipungo matriculou 45 mil alunos, do ensino primário ao secundário do II ciclo, com aulas asseguradas por 1.285 professores. O município recebeu ainda 99 professores, distribuídos pelas comunas de Vicungo, Chiconco, Hombo e sede.

Aviário para centenas de aves

O governador provincial da Huíla inaugurou ainda, nos arredores da sede municipal de Quipungo, um aviário, com capacidade para albergar mais de 300 aves.
Uma fábrica, com capacidade de produzir 700 blocos de cimento, também foi inaugurada por João Marcelino Tyipinge. A unidade fabril vai ser gerida por antigos combatentes e veteranos de guerra, para melhorarem a sua qualidade de vida.
Na mesma municipalidade, foi ainda inaugurada uma manga de vacinação. O director provincial da Huíla da Agricultura e Desenvolvimento Rural, Lutero Campos, disse que esta manga foi construída em 45 dias, com o referido fundo do Programa Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza.

Outras inaugurações


A abertura da farmácia do Hospital da Missão do Sendi também esteve entre o lote de infra-estruturas de impacto social inauguradas pelo governador da Huíla, no município de Quipungo. O novo comando municipal da Polícia Nacional do Quipungo foi também inaugurado pelo governador, em acto assistido pelo comandante provincial da corporação, comissário Simão Queta. A unidade foi construída em 90 dias e as obras custaram 43 milhões de kwanzas, no quadro do Programa de Investimentos Públicos.
A administradora municipal de Quipungo, Cândida Ukali, anunciou que vários projectos, com maior incidência para os de carácter social, vão ser executados nos próximos tempos na região.
Estão ainda programadas novas escolas, centros de saúde, tanques e mangas de vacinação, para continuar a melhor a qualidade de vida das populações.

Tempo

Multimédia